sicnot

Perfil

Cultura

Matilde Campilho, Lobo Antunes e Mia Couto selecionados para prémio Oceanos

O livro poesia de Matilde Campilho, "Jóquei", e os romances "Galveias", de José Luís Peixoto, e "Não é meia-noite quem quer", de António Lobo Antunes, estão entre os semifinalistas do Oceanos - Prémio de Literatura em Língua Portuguesa.

O instituto Itaú Cultural, organizador do galardão que substitui Prémio Portugal Telecom, anunciou a lista das 50 obras semifinalistas para a edição de 2016, repartidas entre as categorias de poesia, romance, conto e crónica. Este ano, serão atribuídos prémios a "quatro livros de criação literária em língua portuguesa".

No que toca à literatura portuguesa, além das obras de Matilde Campilho, Lobo Antunes e José Luís Peixoto, entre os semifinalistas estão "139 epigramas para sentimentalizar pedras", livro de poesia do sociólogo Boaventura de Sousa Santos, e os romances "O pecado de Porto Negro", de Norberto Morais, e "Uma menina está perdida no seu século à procura do pai", de Gonçalo M. Tavares.

Entre os 740 títulos inscritos para o prémio estão também "A rainha ginga", do escritor angolano José Eduardo Agualusa, e "Mulheres de cinzas", do moçambicano Mia Couto.

"Escuta", de Eucanaã Ferraz, "Outro silêncio", de Alice Ruiz - ambos de poesia -, e o romance "A resistência", de Julián Fuks, figuram entre os semifinalistas da literatura brasileira.

A lista dos dez finalistas será revelada a 18 de novembro.

O prémio Oceanos, que cumpre a segunda edição, depois da extinção do Prémio Portugal Telecom, distingue as melhores obras de escritores lusófonos publicadas no Brasil.

No ano passado, o prémio foi atribuído ao escritor brasileiro Silviano Santiago, 80 anos, pelo romance "Mil Rosas Roubadas".

Lusa

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC