sicnot

Perfil

Cultura

ModaLisboa arranca hoje com debate aberto ao público

Um debate, de entrada livre, sobre o papel da moda na atualidade marca hoje o início da 47.ªedição da ModaLisboa, que decorre até domingo e durante a qual serão apresentadas coleções para a primavera/verão de 2017.

"How can fashion change the world?" ("Como pode a moda mudar o mundo?") é o tema das Fast Talks (conversas rápidas sobre moda) desta edição, que decorrem às 18:00 no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na Praça do Município.

A moderação fica a cargo da criativa Joana Barrios e a discussão conta com a participação de Anna Lottersberger, da escola de moda e design italiana Domus Academy, Kino Fox, gestor de comunicação e empreendedor, e Priscila Alexandre, designer de moda portuguesa, atualmente a trabalhar na Hermès.

Este debate, de acordo com a organização, "pretende ser uma reflexão sobre as mudanças constantes da moda, uma troca de ideias entre designers, comunicadores e todos os agente envolvidos na indústria e criação de moda".

"Quais são os seus desafios, dilemas e dificuldades que enfrentam como artistas individuais que podem ser resolvidos e solucionados de forma coletiva - ou 'together' ['juntos', tema desta edição da ModaLisboa]? A mudança está realmente em cada um de nós e existe sempre de forma isolada ou deve ser contextualizada pela comunidade criativa e cultural que a Associação ModaLisboa há 25 anos consegue assegurar?", lê-se no 'site' da Moda Lisboa.

Os desfiles desta edição começam na sexta-feira e decorrem até domingo em locais como o Pátio da Galé, o n.º 31 da Praça do Município, o Museu da Marinha, a Praça do Império e um stand de automóveis na Rua Nova de São Mamede.

Ao longo de três dias serão apresentadas as coleções de criadores como Ricardo Preto, Nuno Gama, Olga Noronha, Dino Alves, Filipe Faísca, Luís Carvalho e Nadir Tati.

Além dos desfiles, a programação da Moda Lisboa inclui exposições e o Wonder Room, uma 'pop-up store' (loja temporária). Estas iniciativas estarão abertas ao público.

A Moda Lisboa volta a contar com o apoio da Câmara de Lisboa, que, além da cedência de espaços, contribui com uma verba. O financiamento, tal como na edição anterior, é de 317.500 euros.

Em janeiro, a Câmara aprovou um novo protocolo de colaboração com a Associação ModaLisboa que prevê a realização de mais seis edições (duas em 2016, duas em 2017 e duas em 2018).

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.