sicnot

Perfil

Cultura

Novo álbum dos Rolling Stones em dezembro

© Reuters

O grupo rock britânico Rolling Stones anunciou hoje que editará a 2 de dezembro um novo álbum, "Blue & Lonesome", marcado pelos blues, influência de há mais de 50 anos.

Os Rolling Stones já não editavam um novo álbum há mais de dez anos, desde "A Bigger Bang", de 2005, uma ausência que termina agora com "Blues & Lonesome", do qual foi revelado um excerto de uma versão de "Just your fool", blues de Chicago, de Little Walter.

No ano passado, o guitarrista Keith Richards revelou que o grupo tinha estado em estúdio em Londres, a gravar material inédito, mas sobretudo versões de temas blues, tendo contado com a participação do guitarrista Eric Clapton.

O anúncio do novo álbum acontece na véspera de os Rolling Stones atuarem no festival Desert Trip, que começa na sexta-feira em Indio, na Califórnia, Estados Unidos. O festival conta ainda com concertos de Bob Dylan, Paul McCartney, Neil Young, Roger Waters e The Who.

Em novembro, os Rolling Stones vão editar o DVD "Havana Moon", que regista o histórico concerto do grupo em março em Cuba, para mais de um milhão de pessoas.

Os Rolling Stones deram o primeiro concerto, num clube em Londres, a 12 de julho de 1962 e editaram o álbum de estreia, inspirado nos blues e R&B, em 1964, quando a formação ainda era um quinteto, com Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts, Bill Wymann e Brian Jones, já falecido.

O último álbum da longa discografia era "A Bigger Bang", de 2005, com os créditos da composição a repartirem-se entre Jagger e Richards.

A última vez que os Rolling Stones atuaram em Portugal foi em 2014, no festival Rock in Rio Lisboa. Na altura, o concerto contou com uma participação de Bruce Springsteen.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.