sicnot

Perfil

Cultura

Musical sobre Fátima estreia quinta-feira no âmbito do centenário das aparições

O musical "Entre o Céu e a Terra", promovido pelo Santuário no âmbito do centenário das aparições, estreia na quinta-feira e evoca a mensagem de Fátima numa linguagem contemporânea, com histórias do quotidiano.

O musical, que sobe ao palco do auditório do Centro Pastoral de Paulo VI entre quinta-feira e domingo, centra-se na mensagem de Fátima, mas não é uma recriação dos três pastorinhos.

É antes uma abordagem ao impacto que Fátima tem "hoje na vida das pessoas", notou o reitor do Santuário de Fátima, Carlos Cabecinhas, justificando a escolha de um musical por ser uma linguagem "particularmente rica e apelativa", que junta música, teatro e dança.

O espetáculo, que procura chegar a "crentes e não crentes", aborda "pessoas como nós", explanou um dos responsáveis da Elenco Produções (entidade que desenvolveu o musical), Bruno Galvão, que falava durante uma conferência de imprensa que teve lugar hoje em Fátima, concelho de Ourém.

No musical, o público vai encontrar diferentes histórias, como da "pessoa que emigra" ou da aceitação do envelhecimento por parte de idosos, passando também por "uma homenagem aos peregrinos", referiu.

O trabalho está a ser desenvolvido há quase três anos e envolve 60 pessoas.

O elenco é composto por 19 atores, entre os quais a premiada Sofia Escobar, juntando num único palco "um 'ensemble' muito forte" de profissionais do teatro musical português, informou o também membro da Elenco Produções João Ribeiro.

O "longo, mas prazeroso" processo de criação contou com ações de formação promovidas pelo Santuário e um acompanhamento por parte de uma equipa de Fátima, que se mostrou "muito disponível" para contar algumas histórias, bem como apontar para referências musicais que acabaram por influenciar o espetáculo, aclarou.

O musical, criado com total liberdade, "fala de qualquer um e de histórias que todos conhecem", realçou João Ribeiro, afirmando que "a fé" é o elo de ligação entre as histórias, apesar de essa mesma fé não ser necessariamente "em Deus".

Depois da apresentação do espetáculo em Fátima, a Elenco Produções tem a ambição de percorrer o país com o musical "Entre o Céu e a Terra".

Questionado pela agência Lusa, o reitor do Santuário recusou-se a referir qual o orçamento do evento.

O espetáculo é gratuito, sendo apenas necessário requerer o bilhete, devido à limitação do auditório.

Bruno Galvão e João Ribeiro são os responsáveis pela produção executiva do espetáculo, que conta com direção musical de Artur Guimarães e encenação e coreografia de Joana Quelhas.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.