sicnot

Perfil

Cultura

Trabalhos finalistas do prémio Aga Khan de arquitetura em exposição

Os seis trabalhos finalistas do prémio Aga Khan de arquitetura 2016 estão em exposição em Lisboa, no âmbito da trienal de arquitetura.

São projetos no Bangladesh, China, Dinamarca, Irão e Líbano, que refletem alguma ligação com o mundo muçulmano. A edição anterior, que ocorreu há três anos, aconteceu numa cerimónia no Castelo de São Jorge em Lisboa. O prémio, que vai na 13ª edição, será de um milhão de euros, e vai ser entregue nos Emirados Árabes Unidos, no próximo mês de novembro.

Os projetos encontram-se em exibição no Palácio de Pombal, na ru do Século, em Lisboa.

  • Príncipe Aga Khan inicia visita a Portugal

    País

    O príncipe Aga Khan, líder da comunidade ismaili, inicia hoje uma visita a Lisboa, onde se vai encontrar com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o primeiro-ministro, António Costa e com o ministro dos Negócios Estrangeiros.

  • Lisboa escolhida para sede mundial da comunidade ismaelita Aga Khan
    2:18

    País

    Portugal vai ser a sede mundial da comunidade ismaelita, uma minoria religiosa sem território definido. A escolha de Lisboa foi oficializada no mês passado e, no futuro próximo, espera-se que o investimento da rede Aga Kahn ascenda a centenas de milhões de euros. Os investimentos passam pelo financiamento de programas de investigação científica e médica, na integração social, saúde e educação.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.