sicnot

Perfil

Cultura

"Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los" será uma série de cinco filmes

A notícia foi avançada por J.K.Rowling esta quinta-feira. A autora sempre disse que seria feito mais de um filme e estabeleceu, em conjunto com o produtor David Heyman e o diretor David Yates, que fariam no mínimo uma trilogia. Agora, depois de organizar a trama do spin-off de Harry Potter, Rowling revela que vai precisar de cinco filmes para contar a história de Newt Scamandar.

O primeiro filme, protagonizado por Eddie Redmayne, será lançado no dia 17 de novembro. A segunda parte da aventura tem estreia prevista para novembro do próximo ano.

A história de "Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los" começa em 1926, cerca de 70 anos antes dos acontecimentos relatados em "Harry Potter". Newt Scamandar, um investigador sobre criaturas mágicas, chega a Nova Iorque para fazer escala durante uma viagem e a partir daí tudo corre mal.

A longa-metragem marca a estreia de J.K. Rowling como argumentista, na adaptação de um livro de 2001 com o mesmo nome.

Ao lado de Eddie Redmayne (vencedor do Óscar de melhor ator com "A Teoria de Tudo"), estão nomes como Katherine Waterston, Ezra Miller, Colin Farrell, Dan Fogler, Samantha Morton, Jon Voight, Gemma Chan, Carmen Ejogo e Ron Perlman.

A realização estará a cargo de David Yates, que realizou os últimos quatro filmes da saga "Harry Potter" e mais recentemente "A lenda de Tarzan".

Mais de 450 milhões de cópias dos sete livros de Harry Potter já foram vendidas em 79 línguas por todo o mundo. A saga de oito filmes assegura o recorde de ser a mais lucrativa de todos os tempos.

  • O erro histórico de J.K.Rowling

    Cultura

    Apesar de ter concluído a saga de Harry Potter há quase uma década, J.K.Rowling continua a escrever sobre o universo mágico que criou. A autora atualiza os seus fãs com pequenas histórias através do Pottermore, um site criado para o efeito. Na última história publicada, alguns fãs denunciam um erro histórico da autora.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.