sicnot

Perfil

Cultura

O que diz Bob Dylan sobre o Nobel? Nada...

Bob Dylan em concerto em 2012

© Ki Price / Reuters

Vinte e quatro horas depois de ser distinguido com o Nobel da Literatura, Bob Dylan nada disse ainda. Cantou ontem à noite num concerto em Las Vegas, mas sobre o prémio, nem uma palavra.

A Academia sueca falou com o agente do cantor e compositor norte-americano e com o responsável pela digressão, mas com o laureado não.

Bob Dylan deu ontem à noite um concerto em Las Vegas durante o qual, segundo os jornalistas presentes, não fez mais do que cantar, sem nunca mencionar o seu prémio Nobel.

De acordo com o Washington Post, que contactou fontes próximas do cantor, "Dylan manteve-se silencioso durante todo o dia [quinta-feira] no que respeita ao prémio". Um dos seus amigos, o cantor Bob Neuwirth, declarou ao diário norte-americano que "pode mesmo acontecer que ele nunca venha a agradecer".

Os laureados de cada ano são convidados para uma cerimónia em Estocolmo a 10 de dezembro para receber o prémio das mãos do rei da Suécia e proferir um discurso. A Academia sueca não faz ideia se Bob Dylan tem intenção de comparecer.

Em 1964, o filósofo frances Jean-Paul Sartre recusou o Prémio Nobel da Literatura, anunciando a sua decisão logo que soube que tinha sido o distinguido. Não recebeu as 273 mil coroas que na altura constituía parte do prémio.

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.