sicnot

Perfil

Cultura

Realizador Hugh Hudson aceita convite para ir ao Cinecôa

O realizador Hugh Hudson marcará presença na edição deste ano do Cinecôa - Festival Internacional de Cinema, que decorre em Vila Nova de Foz Côa entre 17 e 19 de novembro, anunciou esta quarta-feira fonte da organização.

HIDAJET DELIC

"Foi feito o convite, que foi aceite", referiu a fonte, explicando que o realizador vai estar no Cinecôa para mostrar a sua mais recente obra, logo no primeiro dia do festival.

"Trata-se de um realizador inglês que é o autor de 'Momentos de Glória', um filme que ganhou quatro Óscares, e que marcou todo um conjunto de gerações", destacou António Valente, um dos elementos da organização da mostra cinematográfica.

Segundo os promotores, o destaque da edição deste ano vai precisamente para Hugh Hudson e o seu filme "Altamira", que permite um paralelismo entre a caverna de Altamira, conhecida como a Capela Sistina da arte rupestre, e as gravuras do Parque Arqueológico do Vale do Côa.

"Não é de forma inocente que abrimos assim o Cinecôa, com este filme, protagonizado por António Banderas, que faz uma grande aproximação entre dois pontos fulcrais da arte rupestre europeia, como são Altamira e Foz Côa", explicou António Valente.

O Festival de Cinema de Foz Côa promete um programa "diversificado e pensado para diferentes públicos" e vai exibir oito longas-metragens, seis curtas-metragens e muitos filmes de animação para os mais pequenos.

No dia 18, segundo dia do certame, será exibido o filme-concerto Nosferatu, Eine Symphonie des Grauens, um clássico alemão de 1922, dirigido por Friedrich Wilhelm Murnau, e será acompanhado, em palco, pela Orquestra do Norte.

Do Cinecôa constarão ainda filmes recentemente produzidos em Marrocos, Espanha, Reino Unido, França, Luxemburgo, Brasil e Cuba.

O Festival Internacional de Cinema de Foz Côa também vai distinguir António-Pedro Vasconcelos, realizador de obras cinematográficas como "Jaime", "Os Imortais", "Call girl" ou "Os gatos não têm vertigens", filme que abriu o Cinecôa na edição anterior.

"Vamos homenagear um dos realizadores mais polémicos e com os filmes mais vistos pelo público português. Será exibido o seu último filme -- 'Amor Impossível' - seguido de um concerto da filha, Patrícia Vasconcelos, que acaba de lançar um disco", refere António Valente.

Organizado pelo município de Vila Nova de Foz Côa, o Cinecôa acontece ininterruptamente desde 2011, ano da sua estreia, e já homenageou ou contou com a presença de figuras marcantes do cinema como Manoel de Oliveira, Lisandro Alonso, Benoît Jacquot, Teresa Vilaverde ou Tino Navarro.

A entrada é gratuita e são esperadas cerca de três mil pessoas ao longo dos três dias.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22