sicnot

Perfil

Cultura

Eduardo Mendoza é o Prémio Cervantes 2016

Autor catalão de A Cidade dos Prodígios ou A Verdade Sobre o Caso Savolta recebeu o mais importante prémio de escrita na lingua castelhana.

O prémio foi anúnciado pelo ministro da Educação e Cultura Iñigo Mendez de Vigo, que disse que Eduardo Mendoza trouxe um novo estilo de narrativa à ficção espanhola com a publicação do romance "La verdad sobre el caso Savolta" (A verdade sobre o caso Savolta).

A obra recolhe as lembranças de Javier Miranda, espetador e protagonista de fatos ocorridos em Barcelona entre 1917-1919 num mundo de tensões sociais, vistos em torno de uma importante empresa industrial e presididos por um aventureiro enigmático, Lepprince, que se envolve numa trama amorosa. Há uma combinação de peripecias individuais e de acontecimentos coletivos, com certos traços de novela histórica. Percebe-se uma reflexão social, política e existencial sobre o local e as atitudes do homem no mundo que lhe rodeia.

Mendoza é autor de mais de duas dezenas de obras, que não se esgotam apenas no romance, mas se estendem também à dramaturgia, ao conto e ao ensaio. Autor de A Cidade dos Prodígios, sobre a evolução de Barcelona, o seu mais recente livro pertence a uma série de sucesso comercial sobre um detective que se vê retido num manicómio - El secreto de la modelo extraviada.

O mais importante galardão da literatura espanhola, criado em 1975, tem um prémio de 125 mil euros e foi atribuído em 2015 ao mexicano Fernando del Paso. Eduardo Mendoza nasceu em Barcelona em 1943

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.