sicnot

Perfil

Cultura

Atriz Debbie Reynolds, mãe de Carrie Fisher, hospitalizada de emergência

© Mike Blake / Reuters

A atriz Debbie Reynolds, protagonista do filme "Serenata à Chuva", foi transportada esta quarta-feira de emergência para o hospital por suspeita de Acidente Vascular Cerebral (AVC), um dia depois da morte da filha, a também atriz Carrie Fisher.

Uma porta-voz do Departamento de Bombeiros de Los Angeles informou que uma equipa de emergência foi chamada à residência de Todd Reynolds, o filho da atriz, pouco depois das 13:00 (21:00 TMG e de Lisboa).

A porta-voz disse não estar em condições de confirmar tratar-se da icónica atriz, de 84 anos, limitando-se a dizer que "uma mulher adulta em estado bastante grave" foi transportada para o hospital de Cedars-Sinai.

O 'site' de informação sobre celebridades TMZ noticiou que Debbie Reynolds "acabou de sofrer uma emergência médica, possivelmente um AVC".

A informação sobre Reynolds surge um dia depois da morte da filha, Carrie Fisher, conhecida sobretudo como a princesa Leia da trilogia original da "Guerra das Estrelas", vítima de um ataque cardíaco, quatro dias antes.

A TMZ, citando fontes familiares não identificadas, disse que Reynolds estava em casa do filho para decidirem os pormenores do funeral de Fisher.

Debbie Reynolds tornou-se conhecida pelo seu papel em "Serenata à Chuva" ("Singing in the Rain", de 1952). Mais tarde foi nomeada para um Oscar pelo desempenho em "Os Milhões de Molly Brown" de 1964 ("The Unsinkable Molly Brown").

Lusa

  • Hospitais vão ser penalizados se não cumprirem tempos de espera
    2:37

    País

    O Ministério da Saúde vai penalizar os hospitais que não cumprem os tempos de espera nas urgências e que tenham taxas elevadas de cesarianas. O novo modelo de financiamento prevê ainda linhas de financiamento próprio para a obesidade e rastreios do cancro do cólon e do colo do útero.

  • Assédio, até onde vai a tolerância?
    35:26