sicnot

Perfil

Cultura

José Carlos de Vasconcelos vence Prémio Vasco Graça Moura-Cidadania Cultural

Câmara Muncipal de Varzim

O jornalista José Carlos de Vasconcelos, diretor do quinzenário JL - Jornal de Letras, Artes e Ideias, "um raro exemplo de persistência na imprensa portuguesa de âmbito cultural", é o vencedor do Prémio Vasco Graça Moura--Cidadania Cultural.

Fonte do júri adiantou à agência Lusa que, apreciadas as várias candidaturas, a de José Carlos de Vasconcelos recolheu a unanimidade, por ser uma "personalidade que se tem afirmado em todos os domínios em que tem exercido atividade, como das figuras mais marcantes da vida portuguesa nos dias de hoje", como se lê na ata do júri.

Esta é a segunda edição do Prémio Vasco Graça Moura-Cidadania Cultural, no valor de 40.000 euros, e o nome da personalidade distinguida é revelado no dia em que o poeta e ensaísta Graça Moura completaria 75 anos.

O júri, presidido por Guilherme d'Oliveira Martins, valorizou o percurso biográfico de José Carlos Vasconcelos, de 76 anos, que "ilustra bem o papel muito relevante que sempre desempenhou e desempenha -- como advogado e homem de leis, como poeta e escritor, como jornalista e interveniente ativo na valorização da língua, da literatura, das artes e ideias".

Em ata, o júri salientou que, "uma vez que se trata de um prémio de cidadania cultural, o papel desempenhado com grande generosidade e determinação, inteligência e elevado sentido profissional, pelo premiado na fundação, direção e manutenção do JL -- Jornal de Letras, Artes e Ideias".

"Trata-se de uma iniciativa única pela permanência e regularidade, que projeta a cultura e a língua portuguesa no mundo, com uma qualidade digna de reconhecimento", destaca o júri.

Além de Oliveira Martins, que presidiu, o júri foi constituído por Maria Alzira Seixo, José Manuel Mendes, Manuel Frias Martins, Maria Carlos Gil Loureiro, Liberto Cruz e, ainda, por José Carlos Seabra Pereira, em representação da editora Babel e Nuno Lima de Carvalho e Dinis de Abreu, pela Estoril Sol.

No ano passado, o distinguido foi o ensaísta Eduardo Lourenço.

O Prémio Vasco Graça Moura - Cidadania Cultural é uma iniciativa da Estoril Sol, em parceria com o grupo editorial Babel.

A cerimónia da entrega do prémio a José carlos Vasconcelos "será anunciada oportunamente", segundo a mesma fonte.

Lusa

  • Lesados do BES manifestam-se hoje no Porto 

    Queda do BES

    Um grupo de lesados pelo Banco Espírito Santo (BES) concentra-se hoje no Porto para exigir "bom senso" ao Governo, ao Banco de Portugal (BdP) e aos responsáveis do Novo Banco, refere um comunicado remetido às redações.A manifestação está marcada para as 11:00, nas imediações do balcão do Novo Banco e do Banco de Portugal, na Avenida dos Aliados, e a nota dirigida à imprensa é assinada por quase centena e meia de pessoas."

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Morre congressista republicano norte-americano acusado de assédio sexual

    Mundo

    O congressista estatal do Kentucky e pastor evangélico Dan Johnson morreu na quarta-feira, num aparente suicídio, dois dias depois de ser acusado de assédio sexual por uma mulher, disseram as autoridades. O médico legista do condado, Dave Billings, afirmou que a morte de Johnson foi causada por um único tiro, numa ponte de Mount Washinton, perto de Louisville, onde estacionou o automóvel.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28