sicnot

Perfil

Cultura

José Carlos de Vasconcelos vence Prémio Vasco Graça Moura-Cidadania Cultural

Câmara Muncipal de Varzim

O jornalista José Carlos de Vasconcelos, diretor do quinzenário JL - Jornal de Letras, Artes e Ideias, "um raro exemplo de persistência na imprensa portuguesa de âmbito cultural", é o vencedor do Prémio Vasco Graça Moura--Cidadania Cultural.

Fonte do júri adiantou à agência Lusa que, apreciadas as várias candidaturas, a de José Carlos de Vasconcelos recolheu a unanimidade, por ser uma "personalidade que se tem afirmado em todos os domínios em que tem exercido atividade, como das figuras mais marcantes da vida portuguesa nos dias de hoje", como se lê na ata do júri.

Esta é a segunda edição do Prémio Vasco Graça Moura-Cidadania Cultural, no valor de 40.000 euros, e o nome da personalidade distinguida é revelado no dia em que o poeta e ensaísta Graça Moura completaria 75 anos.

O júri, presidido por Guilherme d'Oliveira Martins, valorizou o percurso biográfico de José Carlos Vasconcelos, de 76 anos, que "ilustra bem o papel muito relevante que sempre desempenhou e desempenha -- como advogado e homem de leis, como poeta e escritor, como jornalista e interveniente ativo na valorização da língua, da literatura, das artes e ideias".

Em ata, o júri salientou que, "uma vez que se trata de um prémio de cidadania cultural, o papel desempenhado com grande generosidade e determinação, inteligência e elevado sentido profissional, pelo premiado na fundação, direção e manutenção do JL -- Jornal de Letras, Artes e Ideias".

"Trata-se de uma iniciativa única pela permanência e regularidade, que projeta a cultura e a língua portuguesa no mundo, com uma qualidade digna de reconhecimento", destaca o júri.

Além de Oliveira Martins, que presidiu, o júri foi constituído por Maria Alzira Seixo, José Manuel Mendes, Manuel Frias Martins, Maria Carlos Gil Loureiro, Liberto Cruz e, ainda, por José Carlos Seabra Pereira, em representação da editora Babel e Nuno Lima de Carvalho e Dinis de Abreu, pela Estoril Sol.

No ano passado, o distinguido foi o ensaísta Eduardo Lourenço.

O Prémio Vasco Graça Moura - Cidadania Cultural é uma iniciativa da Estoril Sol, em parceria com o grupo editorial Babel.

A cerimónia da entrega do prémio a José carlos Vasconcelos "será anunciada oportunamente", segundo a mesma fonte.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.