sicnot

Perfil

Cultura

"Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017" arranca este sábado

A inauguração de uma exposição, o lançamento de um selo, um concerto e um espetáculo de dança marcam no sábado o arranque da programação de Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017, iniciativa que se estende até dezembro.

Esta é a segunda vez que Lisboa é escolhida pela União das Capitais Ibero-Americanas (UCCI) como Capital Ibero-Americana da Cultura. A primeira foi em 1994, no mesmo ano em que foi Capital Europeia da Cultura.

A inauguração, na galeria do Padrão dos Descobrimentos, da exposição "Al final del paraíso", do artista mexicano Démian Flores, da qual faz parte "uma obra nova cujo tema é a relação colonial entre os Países Ibéricos e a América Latina", abre no sábado, pelas 17:00, a programação de Passado e Presente -- Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017.

A cerimónia de abertura, durante a qual será apresentada uma emissão filatélica comemorativa da iniciativa, composta por quatro selos e um bloco que "pretendem retratar aspetos culturais e históricos de algumas das cidades associadas ao território ibero-americano", está marcada para as 19:00, no Teatro São Luiz.

No mesmo teatro, pelas 21:00, decorre o concerto "Canções para uma Festa", que juntará em palco a portuguesa Gisela João, a peruana Mariela Condo e a panamiana Yomira John. O espetáculo irá repetir-se no domingo, também às 21:00.

O dia de abertura de Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 termina pelas 24:00 com a festa "Danças", no Jardim de Inverno do Teatro São Luiz, com música do português La Flama Blanca e cenografia de Pedro Valdez Cardoso.

A programação de Lisboa Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 inclui mais de 150 atividades, nas quais participarão centenas de artistas e produtores nacionais e ibero-americanos.

Da programação fazem parte, além de exposições e concertos, peças de teatro, visitas guiadas, residências artísticas, exibição de filmes, colóquios, 'workshops', um festival de arte urbana, espetáculos de dança, um festival de narração oral e uma feira do livro de fotografia.

A programação completa, que se estende até 22 de dezembro, pode ser consultada em www.lisboacapitaliberoamericana.pt.

Passado e Presente -- Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura é uma iniciativa da UCCI e da Câmara Municipal de Lisboa, que conta com a participação, colaboração e apoio de dezenas de outras instituições, associações e equipamentos privados.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51