sicnot

Perfil

Cultura

Anúncio de gravidez de Beyoncé torna-se viral

Já é a fotografia com mais gostos de sempre no Instagram. Beyoncé, de 35 anos, partilhou uma fotografia em lingerie acariciando a sua barriga de grávida de gémeos. O anúncio, feito na quarta-feira, já motivou muitas reações nas redes sociais.

Não foi preciso muito para que na primeira hora após ter sido feito o anúncio, a gravidez da cantora fosse o primeiro trending topic no Twitter. Só nos primeiros 60 minutos foram publicados mais de 500 mil tweets sobre os novos membros da família Carter.

"Gostávamos de partilhar convosco o amor e felicidade que estamos a sentir". É assim que começa o texto publicado no Instagram. O anúncio, inesperado, continuou ao desvendar que a cantora está grávida de gémeos.

As reações não demoraram a surgir.

Ellen DeGeneres publicou uma fotografia alterada no Photoshop, com um recorte da sua cara colada numa fotografia parecida à que Beyoncé publicou.

Também Hailey Baldwin quis entrar na brincadeira ao escrever que "estou mais excitada pela gravidez da Beyoncé do que ficarei quando tiver os meus próprios filhos"

Numa nota mais séria, Lauren Rankin escreveu que "esta fotografia é uma afirmação poderosa sobre as mulheres e a maternidade", chamando à cantora um ícone do feminismo.

Enquanto uns elogiam a cantora e parabenizam o casal, outros aproveitam o facto de o anúncio ter sido feito durante o mês do "Black History" para ironizar com Trump.

A BBC, por exemplo, diz que "duas semanas depois da tomada de posse de Trump, parecia que as únicas notícias seriam relacionadas com política".

A cantora parece ter desviado as atenções do novo líder norte-americano com este anúncio, mas não por muito tempo. A humorista Gráinne Maguire escreveu no Twitter que "é triste que existam mais pessoas negras dentro da Beyoncé do que na Administração Trump".

O anúncio surge depois de vários rumores que davam conta da separação de Beyoncé do rapper Jay-Z. Ainda não se sabe se a gravidez poderá afetar as atuações futuras da cantora, que deverá atuar em abril nos Grammys e também no festival Coachella.

  • "Quem faz isto sabe estudar os dias e o vento para arder o máximo possível"
    4:15
  • O balanço trágico dos incêndios do fim de semana
    0:51

    País

    Mais de 500 mil hectares de área ardida, 42 vítimas mortais, 71 de feridos, dezenas de casas e empresas destruídas. É este o balanço de mais um fim de semana trágico para Portugal a nível de incêndios florestais.

  • 2017: o ano em que mais território português ardeu
    1:41

    País

    Desde janeiro, houve mais área ardida do que em qualquer outro ano na história registada de incêndios florestais. Segundo dados provisórios do Sistema Europeu de Informação sobre Fogos Florestais, mais de 519 mil hectares foram consumidos pelas chamas até 17 de outubro, o que representa quase 6% de toda a área de Portugal. 

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • O que resta de Tondela depois dos incêndios
    1:07

    País

    O concelho de Tondela é agora um mar de cinzas, imagens recolhidas pela SIC com um drone mostram bem a dimensão do que foi destruído pelos incêndios. Perto 100 habitações principais ou secundárias, barracões, oficinas e stands arderam. 

  • Moradores reuniram esforços para salvar idosos das chamas em Pardieiros
    2:50

    País

    O incêndio de domingo em Nelas fez uma vítima mortal: um homem de 50 anos, de Caldas da Felgueira, que regressava de uma aldeia vizinha, onde tinha ido ajudar a combater as chamas. Em Pardieiros, no concelho de Carregal do Sal, várias casas arderam e uma jovem sofreu queimaduras ao fugir do incêndio. Durante o incêndio, pessoas reuniram esforços para salvar a povoação.

  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • As lágrimas do primeiro-ministro do Canadá

    Mundo

    O primeiro-ministro da Canadá, Justin Trudeau, emocionou-se esta quarta-feira ao falar de um artista que morreu depois de perder uma luta contra o cancro. Gord Downie, vocalista da banda de rock canadiana "The Tragically Hip", faleceu esta terça-feira, aos 53 anos, vítima de um tumor cerebral.