sicnot

Perfil

Cultura

Cerca de 400 obras de Almada Negreiros em exposição na Gulbenkian

A Fundação Calouste Gulbenkian abre esta sexta-feira as portas ao público para uma exposição de mais de 400 obras de Almada Negreiros.

Há 23 anos que o artista não era objeto de uma mostra com tanto destaque, e muitos dos trabalhos agora expostos são inéditos.

Almada Negreiros foi pintor, escritor, ator e cenógrafo. Juntamente com nomes como o de Fernando Pessoa ou Mário de Sá-Carneiro, foi ele um dos artistas responsáveis pela introdução do modernismo em Portugal.

Da exposição "José de Almada Negreiros - uma maneira de ser moderno", fazem parte obras emblemáticas como o retrato de Fernando Pessoa, e duas tapeçarias que replicam os frescos da gare marítima de Conde de Óbidos, em Lisboa.

As obras podem ser vistas até junho.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48