sicnot

Perfil

Cultura

Mais de 129 mil espectadores já viram "As cinquenta sombras mais negras"

Filme com Dakota Johnson e Jamie Dornan foi o mais visto este fim-de-semana, nas salas portuguesas

Com uma receita de 719.500 euros, "As cinquenta sombras mais negras" foi visto por 129.725 espectadores no fim-de-semana de estreia. Em termos de receita, é a melhor abertura de 2017, em Portugal.

O filme estreou nas salas nacionais na passada quinta-feira e, antes da estreia, tinham sido vendidos mais de 24 mil bilhetes.

A sequela de "As cinquenta sombras de Grey" volta a ter os atores Dakota Johnson e Jamie Dornan nos papéis principais.

A trilogia "As cinquenta sombras" foi escrita pela autora britânica E. L. James e chegou ao cinema em 2015. O filme sobre o primeiro livro da saga foi visto por mais de 500 mil espectadores, em Portugal.

Do elenco de "As cinquenta sombras mais negras" fazem ainda parte atores como Bruce Altman, Kim Basinger, Rita Ora, Eric Johnson ou Luke Grimes.

A realização deste segundo filme é de James Foley que também já está a finalizar "Cinquenta sombras - Livre", filme baseado no último livro da trilogia e que deverá chegar aos cinemas em 2018.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.