sicnot

Perfil

Cultura

Enigma arqueológico com sete mil anos em exposição

© Alkis Konstantinidis / Reuter

O Museu Nacional de Arqueologia em Atenas apresentou uma estatueta à qual os arqueologos estão a dar o nome de "enigma com sete mil anos". O objeto que se parece com um pássaro foi esculpido em granito, sem a ajuda de ferramentas de metal, uma vez que a escultura é datada ao fim do período Neolitico.

A estatueta de 36 centímetros tem um nariz pontiagudo, barriga redonda e pernas cilíndricas. A equipa de arqueólogos que está a estudar a peça não sabe ao certo do que se trata ou de onde veio.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

O museu acredita que a figura é assexuada, sem sinais de seios ou órgãos genitais. Contudo, o museu afirma ainda que não sabem se o formato assexuado é um resultado de ter sido esculpido sem ferramentas metálicas, ou se foi uma forma deliberada. No caso da segunda opção, o museu acredita que a estatueta pode dizer mais sobre os géneros sexuais na sociedade Neolítica.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

A peça está em exposição até 26 de março, como parte da mostra dos Não Vistos. Esta é uma exeibição temporária com cerca de 200 mil antiguidades, mantidas nos depósitos do museu, e que não estão em permanente exposição.

  • Turista bielorrussa morre atropelada por embarcação no Carvoeiro
    0:39

    País

    Uma mulher de 53 anos morreu esta terça-feira vítima de atropelamento por uma embarcação quando nadava numa praia selvagem, na zona de Carvoeiro. A vítima ainda foi assistida pelo INEM e resgatada pela embarcação salva-vidas de Ferragudo, mas acabou por não resistir aos ferimentos causados pela colisão.