sicnot

Perfil

Cultura

Le Carré faz aparição pública em Londres para apresentar novo romance

Fred Prouser

O escritor britânico John Le Carré vai aparecer em público em setembro, no Royal Festival Hall, em Londres, para discutir o novo romance que marca o regresso da sua personagem mais famosa, George Smiley, foi esta quinta-feira anunciado.

O escritor vai recuperar a personagem pela última vez no livro "A Legacy of Spies", a publicar no outono, com o autor a fazer uma rara aparição pública para responder a todas as questões relacionadas com Smiley.

Como noticiou o jornal The Guardian e de acordo com a página oficial de Le Carré, "Uma noite com George Smiley", cujas receitas reverterão para os Médicos Sem Fronteiras, terá lugar no Royal Festival Hall de Londres no dia 7 de setembro e será transmitida ao vivo em cinemas europeus ainda por anunciar.

Os bilhetes para o evento vão ser colocados à venda na próxima segunda-feira.

Ao todo, George Smiley apareceu em oito romances de John le Carré, incluindo "Um crime quase perfeito" ("A Murder of Quality").

Le Carré afirmou que ele e Smiley "cresceram juntos, apesar da diferença de idades". "Ele apareceu na primeira página do meu primeiro romance, e tem sido o meu confidente secreto desde então", disse, acrescentando: "Quando ele se tornou demasiado celebrado para o seu próprio bem, eu saí e escrevi outros livros, mas ele estava lá, à minha espera quando eu voltei: não como Alec Guinness ou Gary Oldman, mas o meu próprio Smiley, com a sua voz própria e a sua solidão própria". "E foi assim que decidi dar-lhe um último ato, em 'A Legacy of Spies'", disse, em declarações citadas pelo diário britânico Guardian.

Lusa

  • "Sobre este pântano, não é possível jogar futebol seriamente na próxima época"
    4:46

    Opinião

    David Borges esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, da SIC Notícias, onde analisou as acusações do FC Porto ao Benfica, no caso dos e-mails. O comentador da SIC disse que falta saber se "tudo é verdade" e se os documentos são verdadeiros, o que compete ao Ministério Público apurar. David Borges defendeu ainda que era "bom" que a investigação decorresse de forma rápida e profunda; e não acredita que perante a polémica, se consiga jogar "futebol seriamente", na próxima época.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Trump volta a garantir que não tentou interferir na investigação do FBI
    0:17

    Mundo

    O Presidente dos EUA reitera que não tentou interferir na investigação do FBI em relação às alegadas interferências da Rússia nas eleições presidenciais. Questionado sobre as gravações das conversas que manteve com o ex-diretor da polícia de investigação, James Comey, Donald Trump prometeu esclarecimentos num futuro breve.

  • "A informação pode ter saído depois da hora do exame de Português"
    1:19

    País

    O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais diz que é preciso aguardar pelas conclusões do relatório sobre a alegada fuga de informação do exame nacional de Português. Jorge Ascensão defende que a investigação deve causar o mínimo de impacto aos alunos que realizaram a prova.