sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o escritor brasileiro Antonio Candido, Prémio Camões 1998

Ministério da Cultura do Brasil

O escritor e crítico literário brasileiro Antonio Candido, Prémio Camões 1998, morreu na madrugada de hoje, aos 98 anos, anunciou a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, no Brasil.

De acordo com a mesma fonte, o velório do escritor, considerado um dos mais influentes críticos literários do Brasil no século XX, será realizado hoje, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde se encontrava internado.

O autor conquistou por quatro vezes o Jabuti, principal prémio literário do Brasil, com as obras "Formação da literatura brasileira" (1960), "Os parceiros do Rio Bonito" (1965), de poesia, e "Brigada ligeira e outros escritos" (1993), com ensaios.

Lusa

  • Alterações nos horários das farmácias têm o objetivo de evitar duplicação de serviços
    1:50
  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),