sicnot

Perfil

Cultura

Projeto do filme "Fátima" com Harvey Keitel e Sónia Braga apresentado em Cannes

O projeto norte-americano do filme "Fátima", inspirado no fenómeno religioso ocorrido há 100 anos, contará com o ator Harvey Keitel no elenco e será apresentado no festival de cinema de Cannes.

De acordo com a revista Variety, a produtora Arclight Films procura financiamento em Cannes, onde anunciou a inclusão do ator norte-americano Harvey Keitel no elenco, ao lado da atriz brasileira Sónia Braga e das portuguesas Ana Moreira e Ângela Pinto.

A realização ficará a cargo do italiano Marco Pontecorvo."Cannes é o sítio ideal para apresentar aos investidores este filme tão oportuno e sincero e cujas principais personagens foram canonizadas esta semana pelo Papa.

A história de 'Fátima' mostra de que são feitas as lendas reais", afirmou o diretor-geral da Arclight Films, Gary Hamilton.

No sábado passado, Natasha Howes, outra das produtoras do filme, disse à agência Lusa que a atriz brasileira Sónia Braga irá interpretar o papel de irmã Lúcia.

Os produtores, que procuram parcerias na Eurropa, estiveram no santuário de Fátima, assistiram à missa presidida pelo papa Francisco e estiveram a fazer filmagens preparatórias em Lisboa, nas quais já participou Harvey Keitel.

Natasha Howes indicou ainda que o projeto está a ser acompanhado por uma equipa de conselheiros do Santuário de Fátima, que aprovou e apoia a longa-metragem.

O papa Francisco esteve em Portugal na semana passada para a canonização dos pastorinhos Jacinta e Francisco Marto, no âmbito das celebrações do centenário das "aparições".

O mercado de cinema e audiovisual de Cannes é um dos eventos paralelos do Festival de Cinema de Cannes, que começou na quarta-feira em França e termina no dia 28.

Lusa

  • Glamour e polémicas no Festival de Cinema de Cannes
    1:36

    Cultura

    Começou ontem a edição 70 do Festival de Cannes. Aquela que é uma das festas mais importantes do mundo do Cinema tornou-se também, ao longo dos tempos, um dos mais importantes eventos do mundo da moda. A competir pela famosa Palma d'Oro estão 19 filmes no total, entre os quais estão dois produzidos pela plataforma digital Netflix, uma presença que tem sido alvo de contestação.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade
    13:51
  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • "Comecei por ajudar uma família que me pediu um plástico para se proteger"
    4:51
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.

  • Deputado da Malásia diz que negar sexo ao marido é uma forma de abuso

    Mundo

    Um deputado malaio tem sido alvo de algumas críticas na internet, depois de ter dito que negar sexo a maridos é uma forma de abuso psicológico e emocional por parte das mulheres. As declarações de Che Mohamad Zulkifly Jusoh foram feitas durante um debate sobre as alterações às leis de violência doméstica, na quarta-feira.

    SIC