sicnot

Perfil

Cultura

Lançamento de "Both Sides of the Sky" completa trilogia póstuma de Jimi Hendrix

O álbum póstumo de Jimi Hendrix intitulado "Both Sides of the Sky" foi lançado 47 anos após a sua morte e conta com 13 faixas gravadas em estúdio entre 1968 e 1970, dez das quais inéditas.

"Both Sides of the Sky" é o terceiro volume da trilogia que começou com o álbum "Valleys of Neptune", publicado em 2010, seguido de "People, Hell and Angels", lançado em 2013.

Desde o início da "Experience Hendrix", em 1997, um projeto de restauro do catálogo musical do artista, que o principal objetivo é "gravar o trabalho de Jimi Hendrix com a melhor qualidade possível", referiu John McDermott, um dos coprodutores do álbum, citado na apresentação do lançamento na página oficial do músico.

Em parceria com Janie Hendrix e Eddie Kramer, o coprodutor afirmou ainda que estão muito "empolgados por alcançar este objetivo" e que "lançar álbuns com a presença de música fantástica no seu contexto original" é uma das suas metas.

O álbum apresenta um total de dez faixas nunca antes publicadas, incluindo o tema "$20 Fine", da autoria de Stephen Stills, na voz e no órgão, acompanhado pela guitarra de Jimi Hendrix.

A presidente e fundadora da "Experience Hendrix" e irmã do músico, Janie Hendrix, explicou, no texto de apresentação do álbum, que este projeto visa "preservar o legado de Jimi", bem como "o seu trabalho e honra".

O guitarrista, cantor e compositor norte-americano assinou apenas quatro álbuns e alguns 'singles' em vida, mas deixou inúmeros registos de concertos e gravações do seu trabalho em estúdio.

Jimi Hendrix morreu aos 27 anos, a 18 de setembro de 1970, num hotel em Londres.

Lusa

  • E vão quatro de Ronaldo
    1:58
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Lançamento de balões no São João do Porto em risco

    País

    Lançar balões nas festas do São João do Porto pode não ser possível este ano, tudo irá depender das condições atmosféricas. A Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural admitiu, esta quarta-feira, que está a acompanhar a situação mas que ainda nada está decidido.