sicnot

Perfil

Desporto

UEFA abre inquérito a incidentes no Feyenoord-Roma

A UEFA abriu um inquérito disciplinar na sequência dos incidentes verificados no jogo dos 16 avos de final da Liga Europa em futebol entre o Feyenoord e a Roma, em Roterdão, anunciou hoje o organismo.

© Yves Herman / Reuters

O caso do clube holandês estará em análise na reunião de 19 de março, devido a "comportamento racista", "arremesso de projéteis e utilização de material pirotécnico" e "organização deficiente".

Em relação à Roma, a UEFA abriu um inquérito devido a "atraso da equipa" e ao jogador sérvio Adem Ljajic, acusado de ter "provocado" os espetadores, num processo que deverá ser analisado já esta quarta-feira.

Na quinta-feira, na segunda mão entre as duas equipas, em Roterdão, o jogo teve que ser interrompido por duas vezes, devido ao arremesso de objetos para o relvado por parte dos adeptos do Feyenoord.

O jogo inscreve-se num contexto muito particular, depois dos atos de vandalismo provocados por dezenas de adeptos do clube holandês na capital italiana, provocando inúmeros distúrbios e estragos.

Em Roterdão assistiu-se também ao arremesso de uma banana insuflável para o relvado, o que foi interpretado por muitos como um ato racista em relação a alguns jogadores da Roma.

A Roma apurou-se para os oitavos de final da competição, depois de vencer em Roterdão por 2-1 e quando as duas equipas tinham empatado a um golo no jogo da primeira mão.




Lusa
  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43

    Mundo

    António Guterres condenou a onda de violência e discriminação contra os rohingya em Myanmar, na abertura da assembleia-geral das Nações Unidas. O secretário-geral da ONU pediu ainda às autoridades do país para acabarem com as operações militares e protegerem a comunidade ameaçada.

  • Furacão Maria deixa rasto de destruição na ilha Dominica
    1:52
  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04
  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31
  • Acha que este padre sabe dançar?
    2:22