sicnot

Perfil

Desporto

UEFA abre inquérito a incidentes no Feyenoord-Roma

A UEFA abriu um inquérito disciplinar na sequência dos incidentes verificados no jogo dos 16 avos de final da Liga Europa em futebol entre o Feyenoord e a Roma, em Roterdão, anunciou hoje o organismo.

© Yves Herman / Reuters

O caso do clube holandês estará em análise na reunião de 19 de março, devido a "comportamento racista", "arremesso de projéteis e utilização de material pirotécnico" e "organização deficiente".

Em relação à Roma, a UEFA abriu um inquérito devido a "atraso da equipa" e ao jogador sérvio Adem Ljajic, acusado de ter "provocado" os espetadores, num processo que deverá ser analisado já esta quarta-feira.

Na quinta-feira, na segunda mão entre as duas equipas, em Roterdão, o jogo teve que ser interrompido por duas vezes, devido ao arremesso de objetos para o relvado por parte dos adeptos do Feyenoord.

O jogo inscreve-se num contexto muito particular, depois dos atos de vandalismo provocados por dezenas de adeptos do clube holandês na capital italiana, provocando inúmeros distúrbios e estragos.

Em Roterdão assistiu-se também ao arremesso de uma banana insuflável para o relvado, o que foi interpretado por muitos como um ato racista em relação a alguns jogadores da Roma.

A Roma apurou-se para os oitavos de final da competição, depois de vencer em Roterdão por 2-1 e quando as duas equipas tinham empatado a um golo no jogo da primeira mão.




Lusa
  • A derrota que envergonhou a Argentina e apurou a Croácia

    Mundial 2018 / Argentina

    A Croácia garantiu esta quinta-feira a passagem aos oitavos de final do Mundial 2018. A seleção croata bateu a Argentina por 3-0 e deixou os sul-americanos com as contas do apuramento muito complicadas. Veja aqui os golos e os principais lances do encontro.

  • A "saída limpa" da Grécia ao fim de oito anos de resgates
    0:54
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22
  • Melania quer famílias reunidas "o mais rápido possível"
    0:35

    Mundo

    A primeira dama dos Estados Unidos fez uma visita surpresa a um centro de detenção de crianças, na fronteira com o México. As imagens mostram a mulher de Donald Trump reunida com responsáveis, não se sabendo para já se Melania teve ou não contacto direto com algumas das crianças detidas.