sicnot

Perfil

Desporto

Jefferson foi reintegrado nos treinos do Sporting

O futebolista brasileiro Jefferson foi hoje reintegrado nos treinos do Sporting, depois de reconhecer que teve um comportamento incorreto para com o clube, disse à Lusa fonte envolvida no processo.

Jefferson reentra nas escolhas dos "leões".

Jefferson reentra nas escolhas dos "leões".

REUTERS


De acordo com a mesma fonte, que confirmou a notícia avançada hoje pela Antena 1, o defesa esquerdo retratou-se e aceitou o procedimento disciplinar, bem como a decisão que venha a ser tomada, depois de alegadamente ter confrontado o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, por não ter tido conhecimento de uma suposta proposta do Dínamo de Kiev.

Em consequência, Jefferson ficou sob alçada disciplinar do clube e esteve vários dias a treinar sozinho, tendo falhado o jogo a segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, com o Wolfsburgo (0-0), na quinta-feira, e o 'clássico' da 23.ª I Liga com o FC Porto, em que o Sporting foi derrotado por 3-0, no domingo.

Embora continue a decorrer o processo disciplinar, de que pode resultar na aplicação de uma multa, o brasileiro voltou a trabalhar com os companheiros na academia de Alcochete e pode ser opção para o jogo com o Nacional, da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, na quinta-feira.










Lusa
  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • Manifestações de apoio aos pais de Alfie impedidos de o levar para Itália
    3:03

    Mundo

    A justiça britânica rejeitou um novo recurso dos pais do bebé Alfie, que está em estado semivegetativo. O objetivo era levar o menino para Itália, para ser assistido numa unidade pediátrica no Vaticano. Os pais não querem que as máquinas sejam desligadas, mas os médicos defendem que os tratamentos são inúteis.