sicnot

Perfil

Desporto

Jefferson foi reintegrado nos treinos do Sporting

O futebolista brasileiro Jefferson foi hoje reintegrado nos treinos do Sporting, depois de reconhecer que teve um comportamento incorreto para com o clube, disse à Lusa fonte envolvida no processo.

Jefferson reentra nas escolhas dos "leões".

Jefferson reentra nas escolhas dos "leões".

REUTERS


De acordo com a mesma fonte, que confirmou a notícia avançada hoje pela Antena 1, o defesa esquerdo retratou-se e aceitou o procedimento disciplinar, bem como a decisão que venha a ser tomada, depois de alegadamente ter confrontado o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, por não ter tido conhecimento de uma suposta proposta do Dínamo de Kiev.

Em consequência, Jefferson ficou sob alçada disciplinar do clube e esteve vários dias a treinar sozinho, tendo falhado o jogo a segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, com o Wolfsburgo (0-0), na quinta-feira, e o 'clássico' da 23.ª I Liga com o FC Porto, em que o Sporting foi derrotado por 3-0, no domingo.

Embora continue a decorrer o processo disciplinar, de que pode resultar na aplicação de uma multa, o brasileiro voltou a trabalhar com os companheiros na academia de Alcochete e pode ser opção para o jogo com o Nacional, da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, na quinta-feira.










Lusa
  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.