sicnot

Perfil

Desporto

Figo diz que espera ter convencido a Confederação Sul-americana a votar na sua candidatura

Luís Figo, candidato à presidência da FIFA, disse esta quarta-feira que espera ter convencido os membros da Confederação Sul-americana de Futebol (CONMEBOL) a depositarem o voto na sua candidatura às eleições de 29 de maio.

"Espero ter conseguido convencê-los a apoiar-me", disse Luís Figo à agência EFE à saída do congresso que reconduziu o paraguaio Juan Angel Napout como presidente da CONMEBOL para os próximos quatro anos.

"Espero ter conseguido convencê-los a apoiar-me", disse Luís Figo à agência EFE à saída do congresso que reconduziu o paraguaio Juan Angel Napout como presidente da CONMEBOL para os próximos quatro anos.

© Jorge Adorno / Reuters

"Espero ter conseguido convencê-los a apoiar-me", disse Luís Figo à agência EFE à saída do congresso que reconduziu o paraguaio Juan Angel Napout como presidente da CONMEBOL para os próximos quatro anos.

O antigo futebolista português aproveitou também para negar que a CONMEBOL já tenha decidido quem apoiar nas próximas eleições da FIFA, considerando que em campanhas eleitorais "há muitas informações que não são corretas e servem apenas para criar mau ambiente".

Um dos vice-presidentes do organismo, o chileno Sergio Jadue, confirmou que a CONMEBOL ainda não tomou uma decisão sobre quem apoiar e disse que Napout recebeu de manhã o atual presidente da FIFA, Joseph Blatter, candidato a um quinto mandato, para conhecer as propostas do dirigente.

O líder da CONMEBOL recebeu terça-feira todos os outros candidatos: Luís Figo, o príncipe jordano Ali Bin Al Hussein, vice-presidente da FIFA e membro do Comité Executivo, e o presidente da federação da Holanda, Michel van Praag.
Lusa
  • Figo quer alargar Mundial a 48 países
    2:53

    Desporto

    Luís Figo apresentou hoje em Londres a candidatura à FIFA. É um dos seis nomes que estão na lista para a presidência da entidade máxima do futebol. O antigo internacional português quer mudar a organização e canalizar mais verbas para as federações, de forma a apoiar os mais jovens neste desporto. Figo pretende também alargar o Mundial de futebol a 48 países, caso seja eleito como novo presidente da FIFA, numas eleições a que concorre frente a mais três candidatos, entre os quais Joseph Blatter.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14