sicnot

Perfil

Desporto

Governo grego autoriza recomeço dos campeonatos de futebol

O governo grego deu esta quarta-feira 'luz verde' ao reinício do campeonato de futebol, embora com jogos à porta fechada, depois de a competição ter sido suspensa no fim de semana passado pela terceira vez devido a atos de violência.

Para já, os encontros irão realizar-se à porta fechada. (Arquivo)

Para já, os encontros irão realizar-se à porta fechada. (Arquivo)

Thanassis Stavrakis / AP

O vice-ministro dos desportos Stavros Kontonis, que deu o aval para que a competição se retome, indicou que a federação, as ligas e os clubes gregos mostraram-se de acordo em tomar medidas contra a violência no futebol, decisão que surge 24 horas depois de um apelo do presidente da 'Superliga', o campeonato grego de futebol, Giorgos Borovilos.

Entre as medidas propostas pela 'Superliga' para combate à violência, e entregues a Stavros Kontonis para aprovação, realce para a entrada em vigor de bilheteiras eletrónicas, a utilização de câmaras de segurança nos estádios e a aplicação de severas sanções aos adeptos causadores de problemas.

As medidas preveem ainda a interdição de entrada nos estádios aos movimentos organizados de adeptos e o direito aos árbitros de interromperem os encontros em situações de lançamento de objetos, lançamento de tochas e invasão de campo.

Os campeonatos gregos já tinham sido suspensos em duas ocasiões na presente temporada. A primeira em setembro, após a morte de um adepto na ilha de Creta durante um jogo da terceira divisão, seguindo-se outra paragem em novembro, na sequência de uma agressão a um árbitro, que teve de ser hospitalizado.

Na base da terceira suspensão está o episódio que envolveu o treinador português Vítor Pereira, atual técnico do Olympicos.

A 21 de fevereiro, antes do encontro da 25.ª jornada da Liga grega entre os rivais Olympiacos e Panathinaikos, Vítor Pereira aproximou-se de uma das balizas, situação que acabou por desencadear a ira dos adeptos da equipa da casa, que, de imediato, lançaram fumos e tochas para a zona onde estava o técnico.

A situação ainda ficou mais tensa quando a claque forçou a entrada no relvado, ainda antes do início do jogo, levando a que a comitiva do Olympiacos e os jogadores que faziam o aquecimento tenham corrido para o túnel de acesso aos balneários.
Lusa
  • Santana Lopes confirma buscas na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
    1:26

    País

    Pedro Santana Lopes confirmou esta quarta-feira a realização de buscas por parte da polícia judiária à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. O provedor da Santa Casa disse aos jornalistas que o processo está relacionado com suspeitas em compras efetuadas pela Misericórdia, situação que há dois anos já tinha sido objeto de inquérito interno.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.