sicnot

Perfil

Desporto

Hamilton promete fazer melhor em 2015 e quer uma Fórmula 1 mais competitiva

 O britânico Lewis Hamilton, piloto da Mercedes e atual campeão do Mundo de Fórmula 1, espera que a próxima temporada seja "mais competitiva" e garantiu que quer fazer "ainda melhor" em 2015.

© Michaela Rehle / Reuters

Em entrevista ao Laureus.com e que foi disponibilizada à agência Lusa, o piloto de 30 anos assumiu que teve um "ano fantástico", não só pelo seu segundo título na Fórmula 1, mas também por se ter tornado o britânico com mais vitórias (33) em grandes prémios, ultrapassando Nigel Mansell (31) e Jackie Stewart (27).


"Sempre que venço, o sentimento é como se fosse a primeira vez. Foi fantástico ter uma lenda como o Nigel Mansell a desejar-me boa sorte minutos antes de participar na corrida em que bati o seu recorde. Não costumo olhar para as estatísticas, mas sempre que me lembro disso é um sentimento muito, muito surreal", afirmou.


Hamilton, que é um dos candidatos ao prémio de desportista do ano da Laureus, os 'óscares' do desporto, concorrendo, entre outros, com o futebolista português Cristiano Ronaldo, conquistou 11 dos 19 grandes prémios e ajudou a Mercedes vencer com alguma facilidade o mundial de construtores em 2014.


"Quero ser tão bom ou até melhor do que no ano passado. Sou um homem de corridas, adoro corridas. Particularmente, quando existe o desafio de outros pilotos e equipas. Adoro competição", explicou o bicampeão mundial.


Por isso mesmo, Lewis Hamilton quer mais pilotos a discutir o título de Fórmula 1 e uma melhor temporada de equipas como a McLaren e Ferrari, que desiludiram em 2014.


"Quantos mais, melhor. Houve um ano em que tivemos um vencedor diferente nas primeiras sete corridas e acho que é isso que os adeptos querem ver. Adoro as batalhas e as ultrapassagens em pista e é isso que quero ver", referiu.


Na luta pelo prémio de desportista do ano da Laureus, além de Ronaldo, Hamilton terá ainda a concorrência do número um do ténis, o sérvio Novak Djokovic, do também britânico Rory McIlroy, líder da classificação mundial de golfe, do espanhol Marc Márquez, campeão de MotoGP, e do campeão olímpico do salto com vara, o francês Renaud Lavillenie, que bateu o recorde mundial mantido durante 21 anos pelo ucraniano Sergey Bubka.


A nova temporada de Fórmula 1 arranca a 15 de março, com o Grande Prémio da Austrália, enquanto os vencedores dos Prémios Laureus serão anunciados a 15 de abril, numa cerimónia que vai decorrer em Xangai.


Lusa



  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.