sicnot

Perfil

Desporto

Naide Gomes, lesionada desde 2013, não sabe se voltará a competir

A atleta olímpica Naide Gomes, campeã mundial do salto em comprimento em pista coberta em 2008, que está lesionada desde 2013, afirmou esta quarta-feira que não sabe se poderá voltar a competir.

A atleta do Sporting, com 10 medalhas entre Mundiais e Europeus, está arredada da competição desde 2013 devido a uma calcificação junto ao tendão de Aquiles, ao qual foi operada um ano antes, na sequência de uima rotura sofrida nos campoenatos nacionais. (Arquivo)

A atleta do Sporting, com 10 medalhas entre Mundiais e Europeus, está arredada da competição desde 2013 devido a uma calcificação junto ao tendão de Aquiles, ao qual foi operada um ano antes, na sequência de uima rotura sofrida nos campoenatos nacionais. (Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

"Não posso dizer se voltarei. Neste momento, não tenho dores no pé, mas surgiu outro problema no joelho, que me impede de treinar", afirmou a atleta de 35 anos, 17 vezes campeã nacional do comprimento entre 2002 e 2013.

A atleta do Sporting, com 10 medalhas entre Mundiais e Europeus, está arredada da competição desde 2013 devido a uma calcificação junto ao tendão de Aquiles, ao qual foi operada um ano antes, na sequência de uima rotura sofrida nos campoenatos nacionais.

Além de Naide Gomes, Sara Moreira e Marco Fortes marcaram presença na abertura de uma nova loja de uma marca desportiva, e à margem desse evento também comentaram os momentos atuais das suas carreiras.  

Sara Moreira obteve mínimos para os Europeus nos 3.000 metros, mas optou por não marcar presença em Praga, preferindo empenhar-se na preparação da maratona de Londres que decorrerá em abril, e que será determinante nas aspirações de Sara nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

"Nos Campeonatos do Mundo, na China, a minha aposta são os 10.000 metros, mas só depois de correr em Londres é que decido se nos Jogos são os 10.000 ou a maratona", reiterou.

Tal como Naide, Marco Fortes esteve lesionado, mas o atleta já recuperou há pouco mais de um mês e, mesmo longe da sua melhor forma, o lançador de peso mostrou-se motivado para voltar ao seu melhor nível.

"Estive ausente por lesão, mas a ambição está maior do que nunca, há recordes a bater, há muito para fazer, a lesão está resolvida, agora há muito trabalho para poder voltar ao nível em que estava, mas estou cheio de vontade para lá chegar", concluiu.
Lusa
  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • Norte também quer naturismo e praias de nudistas

    País

    O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal defendeu hoje a criação de praias naturistas legalizadas na região, fazendo a apologia da formação de associações e negando que este seja um destino conservador.