sicnot

Perfil

Desporto

Nacional e Sporting começam a decidir presença na final da Taça de Portugal

Nacional e Sporting começam hoje a discutir o apuramento para a final da Taça de Portugal em futebol, ao defrontarem-se no estádio dos madeirenses no jogo da primeira mão das meias-finais.

© Hugo Correia / Reuters

A equipa lisboeta procura agarrar-se à última oportunidade para conquistar um troféu esta época, depois de ter sido eliminada pelos alemães do Wolfsburgo na Liga Europa e de ter ficado praticamente afastada do título de campeão nacional, ao vencer apenas um dos últimos quatro jogos da I Liga.


O Sporting terá ainda de ultrapassar a pesada derrota sofrida no domingo no estádio do rival FC Porto, por 3-0, mas já pode contar com o defesa brasileiro Jefferson, que reintegrou os treinos na terça-feira e foi convocado após ter sido suspenso por motivos disciplinares.


Para o Nacional, oitavo classificado da Liga, a nove pontos do quinto e último 'lugar europeu', ocupado pelo Vitória de Guimarães, a Taça de Portugal representa a via mais direta para marcar presença na Liga Europa da próxima época.


O encontro entre madeirenses e lisboetas -- que só se voltarão a defrontar na segunda mão a 08 de abril -- vai disputar-se hoje, no Funchal, a partir das 20:15 horas, com arbitragem de Carlos Xistra (Castelo Branco).


A outra meia-final da Taça de Portugal será discutida entre o Sporting de Braga e o Rio Ave, em jogos marcados para 07 de abril, no estádio dos minhotos, e 29 de abril, em Vila do Conde.



Lusa
  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.