sicnot

Perfil

Desporto

Nacional e Sporting começam a decidir presença na final da Taça de Portugal

Nacional e Sporting começam hoje a discutir o apuramento para a final da Taça de Portugal em futebol, ao defrontarem-se no estádio dos madeirenses no jogo da primeira mão das meias-finais.

© Hugo Correia / Reuters

A equipa lisboeta procura agarrar-se à última oportunidade para conquistar um troféu esta época, depois de ter sido eliminada pelos alemães do Wolfsburgo na Liga Europa e de ter ficado praticamente afastada do título de campeão nacional, ao vencer apenas um dos últimos quatro jogos da I Liga.


O Sporting terá ainda de ultrapassar a pesada derrota sofrida no domingo no estádio do rival FC Porto, por 3-0, mas já pode contar com o defesa brasileiro Jefferson, que reintegrou os treinos na terça-feira e foi convocado após ter sido suspenso por motivos disciplinares.


Para o Nacional, oitavo classificado da Liga, a nove pontos do quinto e último 'lugar europeu', ocupado pelo Vitória de Guimarães, a Taça de Portugal representa a via mais direta para marcar presença na Liga Europa da próxima época.


O encontro entre madeirenses e lisboetas -- que só se voltarão a defrontar na segunda mão a 08 de abril -- vai disputar-se hoje, no Funchal, a partir das 20:15 horas, com arbitragem de Carlos Xistra (Castelo Branco).


A outra meia-final da Taça de Portugal será discutida entre o Sporting de Braga e o Rio Ave, em jogos marcados para 07 de abril, no estádio dos minhotos, e 29 de abril, em Vila do Conde.



Lusa
  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.