sicnot

Perfil

Desporto

Portugal apresenta cinco atletas no arranque do Mundial de triatlo

A seleção portuguesa de triatlo inicia no sábado a edição de 2015 do Campeonato do Mundo, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, com os benfiquistas João Pereira e João Silva à procura dos lugares cimeiros.

João Pereira, quinto do 'ranking' mundial de triatlo, e João Silva, 13.º, são os principais candidatos a obter bons resultados na primeira das dez etapas do circuito, numa prova em que vão alinhar ainda Miguel Arraiolos, também do Benfica, e Filipe Azevedo, do Águias de Alpiarça.


O espanhol Javier Gómez Noya é o atual campeão do mundo, depois de ter conquistado em 2014 o seu quarto título, igualando o britânico Simon Lessing, ao impor-se ao compatriota Mario Mola e aos britânicos Jonathan Brownlee e Alistair Brownlee, que terminaram a competição nas posições imediatas.


No sector feminino, Melanie Santos, do Alhandra e 127.ª da hierarquia em 2014, é a única representante lusa no arranque da competição, que além do título mundial tem como aliciante suplementar a qualificação para os Jogos Olímpicos Rio2016. No ano passado, o cetro foi conquistado pela norte-americana Gwen Jorgensen.


Para a classificação final são contabilizadas as cinco melhores provas de cada triatleta - duas podem ser taças do mundo -  e a grande final (Chicago, Estados Unidos, de 15 a 20 de setembro), que vale mais pontos.


Das dez etapas, quatro são disputadas em distância 'sprint' (750 metros de natação, 20 quilómetros de ciclismo e cinco de corrida), casos de Abu Dhabi, Londres, Hamburgo e Edmonton, e as restantes em distância olímpica (1,5 quilómetros de natação, 40 de ciclismo e dez de corrida).

João Pereira quer ano mais calmo a subir no 'top-10' do triatlo mundial 

 O português João Pereira revelou hoje a ambição de consolidar um lugar no 'top-10' mundial do triatlo em 2015, um ano que o quinto do 'ranking' espera que seja mais calmo do que o anterior.


"O meu objetivo é tentar fazer um ano mais calmo, menos stressante, e tentar melhorar o meu quinto lugar. Sei que é muito difícil chegar aos lugares de pódio, de excelência, que é o que todos ambicionam, mas espero conseguir e, pelo menos, manter-me no 'top-10', porque qualquer um nestas posições consegue vencer etapas do Mundial", explicou João Pereira.


Em declarações à agência Lusa, o triatleta do Benfica revelou-se confiante na qualificação para os Jogos Olímpicos Rio2016 e já pensa em conquistar uma boa posição de partida na prova do Rio de Janeiro, na sua estreia em competições olímpicas.


"A qualificação já se iniciou e o primeiro período termina em maio. Vou fazer mais duas provas e acho que não vai ser tão difícil como para os anteriores. Queria chegar lá numa boa posição [do 'ranking'], para ter um bom lugar e sair bem posicionado", referiu o melhor português de sempre na hierarquia mundial.


Esse estatuto pertencia ao seu companheiro no Benfica João Silva, que ocupa atualmente o 13.º posto, numa 'luta' sem rivalidade, a não ser pela melhoria da modalidade em Portugal.


"Nunca foi objetivo 'roubar' esse estatuto ao João Silva, que é um atleta excecional, com grandes qualidades e é muito forte nos três segmentos. Eu acredito que ele é muito competitivo e vai tentar não digo 'roubar' esse estatuto, mas melhorar ao máximo, porque o triatlo tem muito a crescer se estivermos dois no 'top' mundial", sublinhou.


Apesar de ser o número um português, João Pereira ainda não conquistou qualquer triunfo em etapas do campeonato do mundo -- o melhor que conseguiu foi o segundo lugar em Chicago em 2014 --, algo que João Silva já celebrou por duas vezes, em Yokohama, em 2011 e 2012.

"A vitória numa etapa é o meu objetivo máximo, mas sei que é muito complicado. Todos os atletas querem isso. Sei que tenho de estar no máximo das minhas capacidades, mas claro que é algo que vejo como um sonho e um objetivo", rematou João Pereira, que tem previsto participar em oito das dez etapas do Mundial.




Lusa
  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • A história de um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo
    5:52

    Desporto

    Um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo não perdeu a oportunidade de se deslocar à Madeira, para conhecer o ídolo e o local onde Cristiano nasceu e cresceu. Lucas Mendes é brasileiro, tem apenas 23 anos e criou a página de fãs de Ronaldo mais seguida no Brasil.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.