sicnot

Perfil

Desporto

Ricardo Salgado desobedeceu ao Banco de Portugal e praticou atos de gestão ruinosa

A gestão de Ricardo Salgado desobedeceu ao Banco de Portugal 21 vezes entre dezembro de 2013 e julho do ano passado. Estes são dados que constam de uma auditoria pedida pelo supervisor à Deloitte. Além disso, de acordo com o Jornal de Negócios, Salgado praticou atos dolosos de gestão ruinosa, para além de ter concedido financiamentos em violação das regras. Em novembro de 2014, a SIC tinha já noticiado os principais pontos desta investigação.

MIGUEL A. LOPES/LUSA

"A gestão de Ricardo Salgado desobedeceu ao Banco de Portugal 21 vezes entre dezembro de 2013 e julho de 2014, conclui o primeiro bloco da auditoria forense pedida pelo supervisor à Deloitte. E praticou atos dolosos de gestão ruinosa, para além de ter concedido financiamentos em violação das regras", lê-se no Jornal de Negócios.

Além disso, as administrações do BES e do Espírito Santo Financial Group (ESFG) "terão desobedecido de forma ilegítima a determinações do Banco de Portugal por 21 vezes". 

A liderança de Salgado terá também praticado, por quatro vezes, "atos dolosos de gestão ruinosa" e concedido "dois financiamentos a administradores e a empresas do Grupo Espírito Santo sem cumprir as regras aplicáveis aos membros dos órgãos sociais e a partes relacionadas"

O jornal cita "as conclusões do primeiro bloco da auditoria forense solicitada pelo Banco de Portugal ao BES, e que foi elaborada pela Deloitte, de acordo com o sumário executivo que o supervisor enviou esta quarta-feira, 04 de março, à comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES".

"No total são identificadas 30 possíveis infrações, apenas num dos cinco blocos que compõem a auditoria forense e que diz respeito à violação das determinações que o Banco de Portugal impôs ao BES e ao ESFG a partir de dezembro e até ao final de julho", acrescenta. 

Com as "imposições" apontadas, o supervisor "pretendia isolar o banco e a área financeira do risco de contágio aos problemas financeiros detetados na Espírito Santo".


  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.