sicnot

Perfil

Desporto

Tiago Monteiro inicia sábado a nona época no Mundial de Carros de Turismo

O português Tiago Monteiro inicia no sábado a sua nona temporada no Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC), terceira na equipa oficial da Honda, tendo como grande objetivo impedir o domínio evidenciado pala Citroen em 2014.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Laszlo Balogh / Reuters

À partida para a edição de 2015 do Mundial, a marca francesa é vista como a grande favorita, na sequência da 'esmagadora' superioridade de 2014, em que acabou com três pilotos nas três primeiras posições.

Para esta época, que arranca em Termas de Rio Hondo, na Argentina, a Citroen mantêm José Maria López, campeão em título, Ivan Muller (quatro vezes campeão), o nove vezes campeão do mundo de ralis Sébastien Loeb e o chinês Ma Qinghua para a época de 2015.

Quanto à equipa oficial da Honda, que acabou por ser a 'desilusão' da época passada, parte para 2015 com expetativas renovadas, fruto de uma longa pré-epoca, que começou logo duas semanas após o término do campeonato passado, com o objetivo de recuperar o atraso para a Citroen.

A poucas horas de iniciar a nona temporada no WTCC, o português Tiago Monteiro, que forma dupla com o veterano italiano Gabriele Tarquini (campeão em 2009) na equipa japonesa, admitiu que foram feitos progressos no Civic de 2015 e que chegou a hora de saber a que nível se encontra o carro.

"Estamos muito ansiosos pelo início do fim de semana. Precisamos de saber onde nos situamos face à concorrência. Tivemos muito trabalho e precisamos de avaliar os progressos em situação de corrida, mas temos a certeza de que melhorámos bastante", afirmou o piloto português citado pela sua assessoria.

Contudo, e apesar dos progressos, o portuense admite que a possibilidade de lutar pelo título ainda não está ao alcance da Honda, mas espera que o carro japonês possa estar em condições de ganhar corridas o mais rápido possível.

"Sei que podemos ainda não estar ao nível dos nossos mais diretos adversários, mas esperamos poder ganhar corridas o mais rapidamente possível. Ainda assim, penso que lutar pelo campeonato ainda não vai estar nos nossos horizontes nesta época", disse.

Quanto à Chervrolet e Lada, esta com um carro completamente novo face a 2014, partem para o campeonato à espera de surpreender as principais equipas, com destaque para a 'estrela' holandesa Tom Coronel ao volante do Chervrolet número quatro da equipa italiana ROAL Motorspor.

Nas 12 provas que compõem o campeonato, há cinco novidades face a 2014, com destaque para a estreia do circuito da cidade de Vila Real, que recebe a oitava etapa, entre 10 e 12 de julho, num regresso a solo luso depois de em 2013 ter passado no Circuito da Boavista, no Porto.

As outras novidades são a etapa alemã, que se disputará no histórico Nurburgring/Nordschleife, a corrida da Tailândia, a do Japão (Motegi) e a prova do Qatar, que encerrará o campeonato com uma jornada noturna no dia 22 de novembro.



Lusa
  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha.

    Em desenvolvimento

  • Um discurso histórico com os pedidos de sempre
    2:30

    País

    Jerónimo de Sousa voltou este domingo a pedir a renegociação da dívida e a saída de Portugal do euro. Num discurso historicamente curto, apenas 15 minutos, no encerramento do Congresso do PCP, o reeleito secretário-geral comunista anunciou que o aumento dos salários e a reversão das alterações à legislação laboral são duas prioridades para os próximos tempos.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.