sicnot

Perfil

Desporto

Assembleia Geral da Liga italiana aprova financiamento ao Parma

A Liga italiana de futebol aprovou esta sexta-feira um financiamento ao Parma, para que o clube possa terminar a temporada, com dinheiro procedente em grande parte de um fundo em que são depositadas as multas pagas pelos clubes.

Assim, a equipa do Parma, que falhou os dois últimos jogos do campeonato, um devido por não conseguir assegurar as condições de segurança no seu estádio e outro por greve dos jogadores, deverá jogar o jogo do próximo fim de semana frente à Atalanta e do seguinte, perante o Sassuolo. (Arquivo)

Assim, a equipa do Parma, que falhou os dois últimos jogos do campeonato, um devido por não conseguir assegurar as condições de segurança no seu estádio e outro por greve dos jogadores, deverá jogar o jogo do próximo fim de semana frente à Atalanta e do seguinte, perante o Sassuolo. (Arquivo)

Marco Vasini / AP

A Assembleia Geral da Serie A aprovou a medida para salvar o Parma com 16 votos a favor, um contra, do Cesena, e três abstenções, do Nápoles, AS Roma e Sassuolo.

Os órgãos de informação locais noticiaram que o plano do presidente da Federação Italiana, Carlo Tavecchio, era injetar um montante de cinco milhões de euros no clube, provenientes do referido fundo.

O financiamento, segundo as mesmas fontes, vai iniciar-se a partir do dia 19 de março, quando um tribunal vai avaliar a situação da sociedade e pode decretar a sua falência.

Assim, a equipa do Parma, que falhou os dois últimos jogos do campeonato, um devido por não conseguir assegurar as condições de segurança no seu estádio e outro por greve dos jogadores, deverá jogar o jogo do próximo fim de semana frente à Atalanta e do seguinte, perante o Sassuolo.
Lusa
  • "Nos últimos 14 anos alertámos que este dia iria voltar"
    3:50

    País

    O vice-presidente da Câmara de Mação diz que se sente humilhado com o recurso a meios espanhóis para o combate ao fogo no concelho. Em entrevista à SIC, António Louro, que é também engenheiro florestal, critica os vários governos e afirma que nada disto teria acontecido se tivessem ouvido os apelos desesperados da autarquia depois do incêndio que, em 2003, destruiu grande parte do concelho.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • André Ventura rejeita acusações de xenofobia
    1:27

    País

    O candidato do PSD à Câmara de Loures diz que tocou num tema que as pessoas queriam discutir. Entrevistado na SIC Notícias, André Ventura insiste que as declarações que fez sobre a comunidade cigana não são xenófobas ou racistas.

  • Rajoy nega conhecimento de financiamentos ilegais no PP

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol negou hoje ter conhecimento de um esquema ilegal de financiamento, que envolve vários responsáveis do Partido Popular (PP, direita), que lidera. Durante uma audição no tribunal, Mariano Rajoy garantiu ainda que não aceitou nenhum pagamento ilícito.