sicnot

Perfil

Desporto

Nelson Évora diz que saltou "mais com a cabeça do que com o coração"

Nelson Évora, que hoje se sagrou em Praga campeão europeu do triplo salto, diz que saltou "mais com a cabeça do que com o coração" e que a réplica dada pelos adversários ajudou à boa marca conseguida, 17,21 metros.

© David W Cerny / Reuters

"Hoje, saltei mais com a cabeça do que com o coração. Mas consegui, e foi uma boa preparação para a época ao ar livre, que terá mais adversários", disse no final do concurso o saltador do Benfica, que já tem mínimos para os Mundiais de Pequim, em agosto.

Destacou a réplica dos adversários (o espanhol Torrijos passou-o na quinta série de saltos) para o resultado conseguido: "Estou certo de que os outros atletas me ajudaram a ir para a frente e conseguir um bom resultado hoje. Foi uma competição emocionante, mas difícil, de que gostei".

"Este é um momento espetacular, depois de tantos anos de lesão e um exemplo para todos os que não acreditavam que era possível. Não podia ter feito melhor, estou fisicamente bem e não tenho dores", disse ainda.

De acordo com Nelson Évora, "na prova, a tarefa principal era ter que lidar com a técnica e a corrida para impulsão", dizendo que "a superfície da pista é de loucos, é muito difícil ficar equilibrado". 

"Depois de me acostumar [após dois nulos], os saltos melhoraram também", disse ainda o campeão olímpico de 2008, que continua a referir o recordista mundial como referência.

Projetando a carreira que ainda poderá ter, depois dos 30 anos, referiu: "Eu não tenho um limite... Claro, Jonathan Edwards é o meu ídolo e eu gostaria de aprender a perceber a técnica como ele conseguiu".

"Ainda falta muito para os Jogos Olímpicos, vamos passo a passo, preparar o que está mais perto. Agora os 'meetings', depois o Campeonato do Mundo, e só depois os Jogos", defendeu o novo campeão europeu, que acrescentou: "Hoje, desfrutei da competição e não poderia estar mais contente, depois virá um período duro de treino para entrar nas melhores competições internacionais".

Lusa
  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.

  • PSD e CDS têm caminhos diferentes
    1:22

    País

    Assunção Cristas já respondeu a Pedro Passos Coelho, depois de o líder do PSD ter recusado apoiar a candidatura da líder do CDS à Câmara de Lisboa. Cristas diz que os dois partidos têm caminhos diferentes. O PSD continua sem apresentar candidato. Contudo, Marques Mendes revelou que Passos Coelho convidou José Eduardo Moniz a candidatar-se à Câmara de Lisboa.