sicnot

Perfil

Desporto

Ancelotti revela apoio do presidente do Real Madrid

O treinador do Real Madrid, Carlo Ancelotti, revelou hoje que recebeu vários telefonemas de apoio do presidente Florentino Pérez, depois da equipa ter sido derrotada pelo Atlhetic Bilbao (1-0) e perdido a liderança do campeonato espanhol de futebol.

© Ina Fassbender / Reuters

"Falei com o presidente nos últimos dias, ligou-me muitas vezes para dar apoio e ânimo. Sempre tive o apoio do clube, sempre mostraram muita confiança no meu trabalho e agradeço", afirmou Ancelotti em conferência de imprensa.

Com a derrota em Bilbao, o Real Madrid somou o segundo jogo sem vencer na Liga e foi ultrapassado pelo FC Barcelona no primeiro lugar, tendo ficado a um ponto dos catalães.

"Estamos a dar demasiados toques na bola e por isso o nosso tipo de jogo ficou mais lento e com mais dificuldades em fazer combinações, sobretudo no tempo de passe", explicou o treinador italiano.

Ancelotti espera uma reação da sua equipa na terça-feira na receção ao Schalke04, na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. No primeiro jogo, na Alemanha, os merengues venceram por 2-0.

No Real Madrid atuam os portugueses Cristiano Ronaldo, Pepe e Fábio Coentrão.



Lusa
  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13
  • Criança irrequieta domina noticiário britânico
    1:19