sicnot

Perfil

Desporto

Cristiano Ronaldo lidera isolado lista de melhores marcadores em taças europeias

O futebolista português Cristiano Ronaldo isolou-se esta terça-feira na liderança da história dos marcadores das taças europeias de futebol, ao passar a somar 78 golos, graças ao 'bis' frente ao Schalke 04.

Numa noite que quase foi de pesadelo para os 'merengues', derrotados em casa por 4-3, o 'capitão' da seleção lusa faturou duas vezes, no seu 118.º encontro europeu, passando a contar mais dois tentos do que Raul (158 jogos) e Lionel Messi (96).

Numa noite que quase foi de pesadelo para os 'merengues', derrotados em casa por 4-3, o 'capitão' da seleção lusa faturou duas vezes, no seu 118.º encontro europeu, passando a contar mais dois tentos do que Raul (158 jogos) e Lionel Messi (96).

Emilio Naranjo / Lusa

Numa noite que quase foi de pesadelo para os 'merengues', derrotados em casa por 4-3, o 'capitão' da seleção lusa faturou duas vezes, no seu 118.º encontro europeu, passando a contar mais dois tentos do que Raul (158 jogos) e Lionel Messi (96).

No que respeita à Taça dos Campeões, Ronaldo ultrapassou Messi, somando agora mais um tento do que o jogador do FC Barcelona, que conta menos 22 encontros disputados.

Em exclusivo na 'Champions' (desde 1992/93 e sem pré-eliminatórias), o internacional luso igualou os 73 tentos de Messi, sendo que disputou 110 jogos, contra 93 do argentino.

Na presente edição, Ronaldo passou a somar oito golos, os mesmos do argentino e menos um do que o brasileiro Luiz Adriano (Shakhtar).
Lusa
  • José Eduardo dos Santos há 38 anos no poder
    2:42

    Mundo

    José Eduardo dos Santos foi o segundo Presidente com mais tempo de liderança a nível mundial, quase 38 anos. Este ano, anunciou que não voltaria a concorrer às eleições, mas mantêm-se, por enquanto, como presidente do MPLA. No dia em que os angolanos foram às urnas para escolher o seu sucessor, apresentamos a vida de José Eduardo dos Santos.

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.