sicnot

Perfil

Desporto

Figo reúne-se com dirigentes da CONCACAF para apresentar candidatura à FIFA

Luís Figo vai reunir-se na quarta-feira, em Filadélfia, nos Estados Unidos, com representantes da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF) para apresentar a sua candidatura à presidência da FIFA. 

Luís Figo já conta com o apoio oficial da Dinamarca, Montenegro, Polónia, Macedónia, Luxemburgo e Portugal. (Arquivo)

Luís Figo já conta com o apoio oficial da Dinamarca, Montenegro, Polónia, Macedónia, Luxemburgo e Portugal. (Arquivo)

© Action Images / Reuters

A iniciativa é adiantada por fontes da equipa de trabalho do ex-futebolista português, citadas pela agência EFE, e que revelam que Figo vai estar igualmente presente na apresentação oficial da 13.ª edição da Gold Cup, a maior competição de seleções organizada pelo organismo, que vai decorrer na mesma cidade norte-americana, entre 07 e 26 de julho.

Em Filadélfia, o antigo internacional luso vai, junto dos responsáveis da CONCACAF e dos presidentes das federações que compõe o organismo, promover e explicar os principais pontos do seu projeto de candidatura ao mais alto cargo da FIFA.

Além de Figo, na corrida à liderança da FIFA estão ainda o atual presidente, o suíço Joseph Blatter, o príncipe jordano Ali Bin Al Hussein, vice-presidente da FIFA e membro do Comité Executivo, e o presidente da federação da Holanda, Michel van Praag.

Luís Figo já conta com o apoio oficial da Dinamarca, Montenegro, Polónia, Macedónia, Luxemburgo e Portugal.

As eleições para a presidência da FIFA realizam-se a 29 de maio.
  • Mais de 1600 ações de fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado efetuou mais de 1600 ações de fiscalização a Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público (MP). Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33