sicnot

Perfil

Desporto

"O que se passou no Bessa roçou o ridículo", diz jogador do Vitória Guimarães

O futebolista do Vitória de Guimarães Moreno disse esta terça-feira que o plantel ainda está revoltado com o que se passou no jogo com o Boavista, da última jornada da I Liga, no qual foram expulsos três jogadores vitorianos.

Os minhotos até estiveram a ganhar, mas perderam por 3-1, num encontro em que três jogadores (Bernard, Nii Plange e Sami) viram o cartão vermelho e não podem alinhar diante do Vitória de Setúbal, no sábado, na 25ª jornada.

Os minhotos até estiveram a ganhar, mas perderam por 3-1, num encontro em que três jogadores (Bernard, Nii Plange e Sami) viram o cartão vermelho e não podem alinhar diante do Vitória de Setúbal, no sábado, na 25ª jornada.

Lusa

Os minhotos até estiveram a ganhar, mas perderam por 3-1, num encontro em que três jogadores (Bernard, Nii Plange e Sami) viram o cartão vermelho e não podem alinhar diante do Vitória de Setúbal, no sábado, na 25ª jornada.

"É normal que esteja revoltado, mas não é só o balneário, é quem gosta de futebol. Quem gostar de futebol e quem for isento revolta-se com o que se passou no Bessa, porque aquilo não é normal e chega a roçar o ridículo. O nosso presidente já disse o que tinha a dizer, compete-nos dar a resposta em campo", frisou o médio, que também alinha a defesa-central, à margem de uma visita de uma delegação do clube ao Colégio do Ave, em Guimarães.

A arbitragem de João Capela nesse jogo motivou fortes críticas dos responsáveis vitorianos, treinador e presidente à cabeça, e Moreno receia o que pode acontecer nas próximas jornadas.

"O que aconteceu no sábado deixa-nos um pouco com medo do que possa vir a acontecer, por isso, precisamos mais do que nunca do apoio da cidade de Guimarães", disse.

No sábado, o Vitória recebe o homónimo de Setúbal e Moreno prevê "um jogo difícil", porque os sadinos "precisam de pontos", mas quer dar uma resposta e somar os três pontos para prosseguir a luta por um lugar europeu.

"Espero que a equipa faça aquilo que estava a fazer na primeira parte do Bessa. Mesmo sem estar a jogar muito bem, estava a ser conseguido aquilo que se pretendia, que era estar em vantagem", referiu Moreno. 

O experiente jogador admite que as exibições não têm sido as melhores nos últimos jogos, mas considerou que o nível exibicional do Vitória, não sendo o que já mostrou na primeira volta, "também não está a ser assim tão mau". 

"Tem havido detalhes em que, se calhar, não temos estado tão concentrados e pormenores que têm feito a diferença. Somos o mesmo grupo e a qualidade está lá. Hoje, mais do que nunca, precisamos dos nossos adeptos, precisamos da cidade de Guimarães atrás de nós", reforçou.
Lusa
  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57

    País

    Tondela foi um dos municípios mais atingidos pelo incêndio, deixando dezenas de animais feridos e perdidos no concelho. Várias clínicas veterinárias são agora um porto de abrigo e, em alguns casos, um ponto de encontro. Muitos dos animais chegaram recolhidos por voluntários e a maior parte dos casos são animais que, no momento de aflição, foram soltos pelos donos e salvos pelo instituto de sobrevivência.

  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31