sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho diz que Paris Saint-Germain foi "melhor equipa"

O treinador do Chelsea, José Mourinho, disse hoje que o Paris Saint-Germain "foi a melhor equipa" no jogo dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol que afastou a equipa inglesa da competição.

© Action Images / Reuters

"Aceitamos o facto de que eles foram a melhor equipa. Mas amanhã quero saber porquê. Quero rever com calma esta partida e compreender do que os meus jogadores se ressentiram em campo e tirar conclusões sobre o nosso desempenho", disse Mourinho, em declarações à Sky no final da partida, que ditou o afastamento do Chelsea da Liga dos Campeões.

O técnico acrescentou ainda: "Não fomos suficientemente bons. O adversário foi mais forte e geriu bem a pressão do jogo. Como eles ficaram reduzidos a 10, tivemos mais pressão para ganhar, enquanto eles passaram a não ter nada a perder."

O Paris Saint-Germain, que jogou perto de 90 minutos com menos um jogador em campo, afastou hoje o Chelsea de José Mourinho nos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, ao empatar 2-2 em Londres, após prolongamento, depois de 1-1 na primeira mão.

A equipa parisiense, que ficou privada do internacional sueco Zlatan Ibrahimovic, expulso logo aos 34 minutos, viu-se em desvantagem aos 81, com um golo de Cahill, mas ainda teve forças para responder e forçar o prolongamento, quando David Luiz, ex-Benfica, restabeleceu a igualdade, aos 86.

O encontro foi para prolongamento e a eliminatória voltou a estar bem encaminhada para a equipa de Mourinho aos 96 minutos, quando o belga Hazard converteu uma grande penalidade e recolocou o Chelsea na frente.

A equipa gaulesa voltou a reagir e, aos 114 minutos, outro internacional brasileiro repôs o empate no jogo, Thiago Silva, mas desta feita com vantagem nos golos fora para o Paris Saint-Germain, que assim se vingou da eliminação nos quartos de final da edição passada da prova.

Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.