sicnot

Perfil

Desporto

Paris Saint-Germain "tomba" Chelsea de José Mourinho

O Paris Saint-Germain, que jogou perto de 90 minutos com menos um jogador em campo, afastou hoje o Chelsea de José Mourinho nos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, ao empatar 2-2 em Londres.

© Action Images / Reuters

A equipa parisiense, que ficou privada do internacional sueco Zlatan Ibrahimovic, expulso logo aos 34 minutos, viu-se em desvantagem aos 81, com um golo de Cahill, mas ainda teve forças para responder e forçar o prolongamento, quando David Luiz, ex-Benfica, restabeleceu a igualdade, aos 86.

O encontro foi para prolongamento e a eliminatória voltou a estar bem encaminhada para a equipa de Mourinho aos 96 minutos, quando o belga Hazard converteu uma grande penalidade e recolocou o Chelsea na frente.

A equipa gaulesa voltou a reagir e, aos 114 minutos, outro internacional brasileiro repôs o empate no jogo, mas desta feita com vantagem nos golos fora para o Paris Saint-Germain, que assim se vingou da eliminação nos quartos de final da edição passada da prova.

No outro encontro disputado hoje, o Bayern Munique impôs-se como esperado e venceu por 7-0 o Shakhtar Donetsk, aplicando a maior goleada de sempre em competições europeias aos ucranianos.

Depois de uma igualdade sem golos na primeira mão, a equipa do espanhol Pep Guardiola era claramente favorita e cedo viu definida a história da eliminatória, quando Tomas Muller, aos quatro minutos, adiantou os bávaros na conversão de uma grande penalidade, num lance em que os ucranianos ainda ficaram privados de Kucher, expulso.

Depois, foi o avolumar do resultado por parte dos germânicos, que, além de seguirem em frente na Europa, lideram destacados o seu campeonato: Boateng (34), Ribery (49), Muller (52), Badstuber (63), Lewandowski (75) e Gotze (87) anotaram os restantes tentos.

Na terça-feira, o FC Porto já se tinha apurado para os quartos de final, ao receber e golear os suíços do Basileia por 4-0.

O FC Porto chegou ao intervalo a vencer já por 1-0, com um tento de Brahimi, aos 14 minutos, tendo a goleada sobre a equipa de Paulo Sousa sido consumada na etapa complementar, com tentos de Herrera (47), Casemiro (56) e Aboubakar (76).

Além dos `dragões´, também seguiu em frente o Real Madrid, que teve em campo Pepe, Fábio Coentrão e Cristiano Ronaldo, autor de mais dois tentos, mas os madrilenos não se livraram de um grande susto, perdendo por 4-3 com o Schalke 04, numa eliminatória em que valeu o 2-0 trazido da primeira mão da Alemanha.

Lusa
  • Madonna diz que América nunca desceu tão baixo
    2:12

    Mundo

    No mundo artístico, foram várias as vozes que se levantaram contra Trump, entre elas Madonna. A cantora disse esta quinta-feira em Nova Iorque, a propósito do dia da tomada de posse, que nunca a América desceu tão baixo. Já o ator Matthew McConaughey - que está em Londres - garantiu que não ia perder a cerimónia pela televisão.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida