sicnot

Perfil

Desporto

Imprensa britânica crítica Mourinho e atuação do Chelsea

A comunicação social britânica foi esta quinta feira muito crítica com o José Mourinho e o Chelsea, treinador e equipa que "nunca serão verdadeiramente amados", na sequência da eliminação nos oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol.

© Action Images / Reuters

"Poucas pessoas fora de Stamford Bridge lamentarão a sorte do Chelsea", escreve o Daily Telegraph, que fala de uma "noite de desgraça" para a equipa londrina, que foi afastada da principal prova europeia de clubes pelo Paris-Saint Germain (PSG).

Os franceses estiveram por duas vezes em desvantagem, mas conseguiram terminar o prolongamento com um empate 2-2, qualificando-se para os quartos de final -- onde já está o FC Porto -- graças ao maior número de golos marcados fora de casa, depois de uma igualdade 1-1 em Paris.

"Les Misérables", titula o The Sun, considerando que Mourinho, um especialista em jogos de palavras antes e depois dos jogos, recebeu "uma lição de francês" do PSG.

O jornal mais lido na Grã-Bretanha defendeu que "o Chelsea teve exatamente aquilo que mereceu", criticando a forma como os jogadores da equipa londrina pressionaram desde o início do encontro o árbitro holandês Bjorn Kuipers.

"The Bully Boys" (os rapazes do bullying), escreve o Daily Mail, ilustrando com uma fotografia em que nove jogadores do Chelsea estão a rodear o árbitro, qualificando de "deplorável" a atitude dos futebolistas da equipa inglesa.

Para o The Times, "mesmo com 10 homens durante tanto tempo", numa alusão à expulsão da 'estrela' do PSG, o sueco Zlatan Ibrahimovic, aos 34 minutos, o Chelsea "foi inferior ao adversário em quase todas as ações do jogo".

"José Mourinho até pode acabar como o treinador mais vencedor de sempre, mas acho que nem ele, nem as suas equipas nunca serão verdadeiramente amados. Será que ele se importa? Lamentavelmente, penso que não", sustentou Jamie Carragher, antigo jogador do Liverpool e atual comentador da Sky Sports.

Lusa
  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.