sicnot

Perfil

Desporto

Imprensa britânica crítica Mourinho e atuação do Chelsea

A comunicação social britânica foi esta quinta feira muito crítica com o José Mourinho e o Chelsea, treinador e equipa que "nunca serão verdadeiramente amados", na sequência da eliminação nos oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol.

© Action Images / Reuters

"Poucas pessoas fora de Stamford Bridge lamentarão a sorte do Chelsea", escreve o Daily Telegraph, que fala de uma "noite de desgraça" para a equipa londrina, que foi afastada da principal prova europeia de clubes pelo Paris-Saint Germain (PSG).

Os franceses estiveram por duas vezes em desvantagem, mas conseguiram terminar o prolongamento com um empate 2-2, qualificando-se para os quartos de final -- onde já está o FC Porto -- graças ao maior número de golos marcados fora de casa, depois de uma igualdade 1-1 em Paris.

"Les Misérables", titula o The Sun, considerando que Mourinho, um especialista em jogos de palavras antes e depois dos jogos, recebeu "uma lição de francês" do PSG.

O jornal mais lido na Grã-Bretanha defendeu que "o Chelsea teve exatamente aquilo que mereceu", criticando a forma como os jogadores da equipa londrina pressionaram desde o início do encontro o árbitro holandês Bjorn Kuipers.

"The Bully Boys" (os rapazes do bullying), escreve o Daily Mail, ilustrando com uma fotografia em que nove jogadores do Chelsea estão a rodear o árbitro, qualificando de "deplorável" a atitude dos futebolistas da equipa inglesa.

Para o The Times, "mesmo com 10 homens durante tanto tempo", numa alusão à expulsão da 'estrela' do PSG, o sueco Zlatan Ibrahimovic, aos 34 minutos, o Chelsea "foi inferior ao adversário em quase todas as ações do jogo".

"José Mourinho até pode acabar como o treinador mais vencedor de sempre, mas acho que nem ele, nem as suas equipas nunca serão verdadeiramente amados. Será que ele se importa? Lamentavelmente, penso que não", sustentou Jamie Carragher, antigo jogador do Liverpool e atual comentador da Sky Sports.

Lusa
  • Vários mortos em avalancha em Itália

    Mundo

    Várias pessoas morreram numa avalanche que atingiu um hotel numa estação de esqui na montanha de Gran Sasso, Itália. As equipas de socorro conseguiram resgatar duas pessoas, mas admitem ainda a existência de quase 30 mortos.

    Em desenvolvimento

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Temperaturas negativas congelam rio em Bragança
    1:26

    País

    As baixas temperaturas os últimos dois dias, com as mínimas a descer até aos 10 graus negativos durante a noite e madrugada, congelaram o rio que atravessa a aldeia de Gimonde, no concelho de Bragança. O repórter da SIC João Faiões esteve esta manhã no local.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.

  • Feriado no Carnaval e fim das pontes chumbados
    2:15

    País

    Nem o Carnaval vai passar a ser feriado, nem as pontes vão acabar. O PS rejeitou esta quarta-feira no Parlamento uma proposta do PSD para que os feriados a meio da semana sejam gozados na segunda-feira seguinte. Ao mesmo tempo, os socialistas recusaram duas propostas apoiadas pelos partidos de esquerda, para que o Carnaval passasse a ser sempre feriado.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16