sicnot

Perfil

Desporto

Presidente e ex-presidente do FC Barcelona vão a julgamento pela contratação de Neymar

O juiz da Audiência Nacional Pablo Ruiz decidiu levar a julgamento o presidente do FC Barcelona, Josep Maria Bartomeu, o seu antecessor, Sandro Rosell e o clube por delitos fiscais e administração danosa na contratação do futebolista brasileiro Neymar. 

© Albert Gea / Reuters

Pablo Ruiz concluiu na instrução do processo que Rosell e Bartomeu terão cometido três delitos contra o fisco aquando da declaração de compra do passe do internacional brasileiro, no valor de 83.371.000 euros.

Para o juiz, o atual presidente acompanhou as "operações contratuais" no negócio e autorizou "os pagamentos relativos à contratação, ocorridos em 2014".

Em finais de fevereiro, a administração fiscal enviou a Pablo Ruiz um relatório que avaliou a atuação de Bartomeu e Rosell no negócio de aquisição de Neymar, considerando que os dois tentaram "ocultar aos sócios do clube a verdadeira dimensão do negócio e evitar o pagamento de impostos".

Em audiência com Pablo Ruiz, Bartomeu garantiu que não teve qualquer intervenção nas negociações nem na elaboração dos sete contratos celebrados com o jogador.

Segundo o mesmo dirigente, apenas um restrito grupo de pessoas esteve a par das negociações e o processo foi sempre conduzido por Sandro Rosell, que abandonou a presidência do clube em janeiro de 2014.

Bartomeu acrescentou que, como vice-presidente na altura dos factos, assinou toda a documentação confiando que tudo estava dentro das normas. 

O atual presidente disse ainda ao juiz que assim que assumiu a presidência deu instruções aos funcionários para avaliarem toda a documentação com o intuito de discriminar eventuais verbas em falta ao fisco.









Lusa
  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.