sicnot

Perfil

Desporto

Van Gaal não sabe explicar fraco rendimento de Falcao

Louis van Gaal, treinador do Manchester United, admitiu hoje não saber explicar o fraco rendimento do colombiano Radamel Falcao, na sua primeira época ao serviço daquele clube da Liga inglesa de futebol.

© Action Images / Reuters

O goleador colombiano, que está emprestado pelo Mónaco, da Liga francesa, foi mesmo posto a jogar esta semana pela equipa sub-21 do clube, alegadamente para ganhar ritmo de jogo e forma física.

"Falcao não fez o seu melhor jogo com a segunda equipa, mas tentou fazer o seu melhor, mais do que isso não posso pedir aos jogadores", disse Van Gaal, na conferência de imprensa de hoje.

Por outro lado, o treinador afastou a ideia de que se tratou de "uma humilhação" imposta ao internacional colombiano, que apenas marcou quatro golos no campeonato, defraudando as expetativas com que chegou.

"É uma atitude profissional, uma atitude profissional por parte do treinador na gestão do plantel, mas também do jogador", disse Van Gaal. "Isso aconteceu com Falcao, mas também com Valdes e Rafa da Silva, que jogou muito bem e marcou um excelente golo."

O técnico reforça que "todos os jogadores precisam de ritmo de jogo".

"O clube paga-lhes muito, pelo que é normal que joguem, o que também se aplica à segunda equipa", acrescentou.


Lusa
  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".