sicnot

Perfil

Desporto

Adidas vai deixar de patrocinar a NBA em 2017

A marca desportiva alemã Adidas anunciou hoje que não vai renovar o seu contrato de patrocínio com a Liga norte-americana de basquetebol (NBA) depois da época 2016/2017. 

© Hannibal Hanschke / Reuters

A Adidas equipa a NBA desde 2006, ano em que substituiu a Reebok, marca norte-americana que o grupo alemão comprou em 2005. 

"Vamos investir mais em histórias a contar aos nossos consumidores", explicou a multinacional alemã num curto comunicado. 

No quadro de um reposicionamento estratégico, cujos detalhes serão revelados na próxima semana, a Adidas já avançou que vai patrocinar individualmente 500 novos atletas em modalidades como o basquetebol, o futebol americano e o basebol. 

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".