sicnot

Perfil

Desporto

Carlos Brito escolhido para suceder a Rui Quinta como treinador do Penafiel

O treinador Carlos Brito é o nome escolhido para suceder a Rui Quinta no comando técnico do Penafiel, disse esta segunda-feira à agência Lusa fonte do clube da I Liga portuguesa de futebol.

Carlos Brito, de 51 anos, tem uma carreia de treinador quase sempre ligada ao Rio Ave, último clube que treinou, em 2011/12. O técnico portuense iniciou o seu percurso no clube de Vila do Conde em 1996/97 e teve passagens por Estrela da Amadora, Boavista, Nacional e Leixões. (Arquivo)

Carlos Brito, de 51 anos, tem uma carreia de treinador quase sempre ligada ao Rio Ave, último clube que treinou, em 2011/12. O técnico portuense iniciou o seu percurso no clube de Vila do Conde em 1996/97 e teve passagens por Estrela da Amadora, Boavista, Nacional e Leixões. (Arquivo)

Lusa

O processo de rescisão de Rui Quinta ainda não está totalmente definido, faltando acertar questões financeiras, o que está a condicionar o anúncio do nome Carlos Brito, cuja apresentação poderá acontecer na terça-feira, depois do treino agendado para as 14:00 no Estádio Municipal 25 de Abril.

Carlos Brito, de 51 anos, tem uma carreia de treinador quase sempre ligada ao Rio Ave, último clube que treinou, em 2011/12. O técnico portuense iniciou o seu percurso no clube de Vila do Conde em 1996/97 e teve passagens por Estrela da Amadora, Boavista, Nacional e Leixões.

A direção do Penafiel e Rui Quinta estiveram reunidos no domingo, logo depois do encontro com o Rio Ave, ganho pelos vila-condenses por 2-0, tendo ficado definido que o treinador abandonaria o cargo em virtude dos maus resultados.

O Penafiel ocupa o 18.º e último lugar da I Liga, com 16 pontos (17 derrotas, quatro vitórias e quatro empates), a três do penúltimo, o Gil Vicente, e a quatro da zona de manutenção.

Lusa
  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57