sicnot

Perfil

Desporto

Carlos Brito escolhido para suceder a Rui Quinta como treinador do Penafiel

O treinador Carlos Brito é o nome escolhido para suceder a Rui Quinta no comando técnico do Penafiel, disse esta segunda-feira à agência Lusa fonte do clube da I Liga portuguesa de futebol.

Carlos Brito, de 51 anos, tem uma carreia de treinador quase sempre ligada ao Rio Ave, último clube que treinou, em 2011/12. O técnico portuense iniciou o seu percurso no clube de Vila do Conde em 1996/97 e teve passagens por Estrela da Amadora, Boavista, Nacional e Leixões. (Arquivo)

Carlos Brito, de 51 anos, tem uma carreia de treinador quase sempre ligada ao Rio Ave, último clube que treinou, em 2011/12. O técnico portuense iniciou o seu percurso no clube de Vila do Conde em 1996/97 e teve passagens por Estrela da Amadora, Boavista, Nacional e Leixões. (Arquivo)

Lusa

O processo de rescisão de Rui Quinta ainda não está totalmente definido, faltando acertar questões financeiras, o que está a condicionar o anúncio do nome Carlos Brito, cuja apresentação poderá acontecer na terça-feira, depois do treino agendado para as 14:00 no Estádio Municipal 25 de Abril.

Carlos Brito, de 51 anos, tem uma carreia de treinador quase sempre ligada ao Rio Ave, último clube que treinou, em 2011/12. O técnico portuense iniciou o seu percurso no clube de Vila do Conde em 1996/97 e teve passagens por Estrela da Amadora, Boavista, Nacional e Leixões.

A direção do Penafiel e Rui Quinta estiveram reunidos no domingo, logo depois do encontro com o Rio Ave, ganho pelos vila-condenses por 2-0, tendo ficado definido que o treinador abandonaria o cargo em virtude dos maus resultados.

O Penafiel ocupa o 18.º e último lugar da I Liga, com 16 pontos (17 derrotas, quatro vitórias e quatro empates), a três do penúltimo, o Gil Vicente, e a quatro da zona de manutenção.

Lusa
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41