sicnot

Perfil

Desporto

FIFA escolhe sete estádios para os Jogos Olímpicos Rio 2016

Os estádios Maracanã e Olímpico (ambos no Rio de Janeiro), Mineirão, (Belo Horizonte), Arena Corinthians (São Paulo), Garrincha (Brasília), Fonte Nova (Salvador) e Amazónia (Manaus) vão acolher os torneios de futebol dos Jogos Olímpicos Rio 2016, anunciou hoje a FIFA.

© Paulo Whitaker / Reuters

Apesar de ter considerado, numa primeira fase, a cidade de Manaus como "não adequada" para acolher o evento, a FIFA acabou por eleger o Arena Amazónia como um dos palcos dos torneios masculino e feminino de futebol.

A 12 de fevereiro, quando o Brasil apresentou a proposta de seis cidades, a FIFA respondeu que Manaus "não era uma primeira opção adequada para ser sede do evento".

À exceção do Estádio Olímpico do Rio de Janeiro, todos os restantes recintos integraram o calendário da edição do Mundial2014, ganha pela Alemanha.

"Os torneios olímpicos de futebol oferecem uma fantástica oportunidade para reviver o ambiente incrível do Mundial de 2014, tanto no Rio de Janeiro como nas outras cinco cidades anfitriãs", considerou o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Marco Polo Del Nero, em comunicado.

Del Nero, que também lidera a comissão organizadora da FIFA dos torneios de futebol dos Jogos Rio2016, acrescentou que as seleções apuradas "podem agora utilizar os estádios e as infraestruturas que serviram o Mundial, que implicam o país em mais uma competição de primeira categoria".

"Estou convencido de que as equipas participantes viverão uma experiência olímpica inolvidável", destacou o dirigente brasileiro.

Os 58 jogos dos dois torneios vão disputar-se entre 3 e 20 de agosto de 2016, mas o calendário definitivo "vai ser confirmado num futuro próximo", referiu ainda Del Nero.

Lusa

  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.