sicnot

Perfil

Desporto

Leonardo Jardim prevê o jogo mais complicado da época frente ao Arsenal

O treinador do Mónaco, o português Leonardo Jardim, considerou hoje que o jogo de terça-feira frente ao Arsenal, de Inglaterra, da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, será o "mais complicado da época".

© Eric Gaillard / Reuters

"Temos uma vantagem de dois golos a meio da eliminatória, mas nada está decidido. O Arsenal é uma grande equipa, que nos vai, seguramente, criar muitos problemas. Será, certamente, o jogo mais complicado para nós nesta temporada", disse Leonardo Jardim durante a conferência de imprensa de lançamento da partida, que decorreu no estádio Louis II, no Mónaco.

Depois da vitória por 3-1 em Londres, o treinador português garantiu que irá abordar o encontro da mesma forma do que fez em relação a todos os jogos da Liga dos Campeões, em que a equipa tem sido "mais regular" do que no campeonato francês, o que significa que o Mónaco "não irá pensar no resultado", mas sim no seu jogo.

De resto, Jardim alertou para "a qualidade dos jogadores do Arsenal", cuja equipa merece um grande respeito e não pode ser encarada de forma ligeira, razão pela qual o Mónaco terá de estar ao nível que alcançou no jogo em Londres.

Questionado sobre se o Arsenal subestimou o Mónaco no jogo da primeira mão, Jardim respondeu negativamente: "A este nível competitivo todas as equipas têm muito respeito pelos adversários. Nunca pensei que o Arsenal nos iria subestimar, nem o fez. O que aconteceu foi que fizemos um jogo de sonho".

Elogiou, ainda, a "coesão defensiva" do Mónaco, cuja evolução tem sido "extraordinária, apesar das muitas alterações que tem sido forçado a fazer quer nos centrais quer nos laterais", e a importância do veterano avançado búlgaro Dimitar Berbatov, "especialmente nos jogos da Liga dos Campeões" por causa da sua "enorme experiência e maturidade", mostrando-se confiante de que ele estará ao melhor nível frente ao Arsenal, na terça-feira.







Lusa
  • Germano Almeida vence Prémio Camões

    Cultura

    O escritor cabo-verdiano Germano Almeida é o vencedor do Prémio Camões 2018, foi esta segunda-feira anunciado, no Hotel Tivoli, em Lisboa, após reunião do júri.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.