sicnot

Perfil

Desporto

Leonardo Jardim prevê o jogo mais complicado da época frente ao Arsenal

O treinador do Mónaco, o português Leonardo Jardim, considerou hoje que o jogo de terça-feira frente ao Arsenal, de Inglaterra, da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, será o "mais complicado da época".

© Eric Gaillard / Reuters

"Temos uma vantagem de dois golos a meio da eliminatória, mas nada está decidido. O Arsenal é uma grande equipa, que nos vai, seguramente, criar muitos problemas. Será, certamente, o jogo mais complicado para nós nesta temporada", disse Leonardo Jardim durante a conferência de imprensa de lançamento da partida, que decorreu no estádio Louis II, no Mónaco.

Depois da vitória por 3-1 em Londres, o treinador português garantiu que irá abordar o encontro da mesma forma do que fez em relação a todos os jogos da Liga dos Campeões, em que a equipa tem sido "mais regular" do que no campeonato francês, o que significa que o Mónaco "não irá pensar no resultado", mas sim no seu jogo.

De resto, Jardim alertou para "a qualidade dos jogadores do Arsenal", cuja equipa merece um grande respeito e não pode ser encarada de forma ligeira, razão pela qual o Mónaco terá de estar ao nível que alcançou no jogo em Londres.

Questionado sobre se o Arsenal subestimou o Mónaco no jogo da primeira mão, Jardim respondeu negativamente: "A este nível competitivo todas as equipas têm muito respeito pelos adversários. Nunca pensei que o Arsenal nos iria subestimar, nem o fez. O que aconteceu foi que fizemos um jogo de sonho".

Elogiou, ainda, a "coesão defensiva" do Mónaco, cuja evolução tem sido "extraordinária, apesar das muitas alterações que tem sido forçado a fazer quer nos centrais quer nos laterais", e a importância do veterano avançado búlgaro Dimitar Berbatov, "especialmente nos jogos da Liga dos Campeões" por causa da sua "enorme experiência e maturidade", mostrando-se confiante de que ele estará ao melhor nível frente ao Arsenal, na terça-feira.







Lusa
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15