sicnot

Perfil

Desporto

Barcelona e Juventus confirmam presença nos "quartos" da Liga dos Campeões

O Barcelona e a Juventus confirmaram esta quarta-feira o apuramento para os quartos de final da Liga dos Campeões de futebol, ao somarem o segundo triunfo nas eliminatórias com o Manchester City e o Borussia Dortmund, respetivamente.

A festa dos jogadores da "Juve" depois da goleada (3-0) em Dortmund.

A festa dos jogadores da "Juve" depois da goleada (3-0) em Dortmund.

© Fabian Bimmer / Reuters

Depois de vencer em Manchester, por 2-1, o 'barça' carimbou a qualificação, com um golo do croata Ivan Rakitic (31 minutos), deixando a Inglaterra sem representantes nos quartos de final, tendo os 'citizens' ainda desperdiçado uma grande penalidade, aos 78, pelo argentino Kun Aguero.

Em Dortmund, a Juventus, que vinha de um triunfo caseiro, por 2-1, garantiu a qualificação com uma vitória por 3-0, com o argentino Carlos Tevez a ser a grande figura ao marcar aos três e 79 minutos e a assistir para o golo do espanhol Alvaro Morata (70).

Barcelona e Juventus juntam-se no sorteio de sexta-feira a FC Porto, Paris Saint-Germain, Mónaco, Bayern Munique, Real Madrid e Atlético de Madrid.
Lusa
  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.