sicnot

Perfil

Desporto

Organização dos Jogos Olímpicos Rio2016 deteta venda fraudulenta de bilhetes

O comité organizador dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016 detetou a venda fraudulenta de bilhetes para a competição, tendo iniciado uma investigação interna e denunciado o caso à polícia.

De acordo com o diretor de comunicação dos jogos, os falsos bilhetes diziam respeito aos eventos mais caros da competição e estavam a ser vendidos sob a forma de um pacote que incluía alojamento e outros serviços. (Arquivo)

De acordo com o diretor de comunicação dos jogos, os falsos bilhetes diziam respeito aos eventos mais caros da competição e estavam a ser vendidos sob a forma de um pacote que incluía alojamento e outros serviços. (Arquivo)

© John Kolesidis / Reuters

"Várias pessoas receberam correio eletrónico e chamadas telefónicas com o objetivo de vender os ingressos mais procurados e disputados. Como ainda não iniciámos a venda de bilhetes, só pode tratar-se de uma fraude", alertou o diretor de comunicação do comité organizador do Rio 2016, Mário Andrada.

Em conferência de imprensa, o mesmo responsável indicou que o calendário definitivo das competições não está ainda concluído e que os ingressos só começam a ser vendidos a 31 de março.

De acordo com o diretor de comunicação dos jogos, os falsos bilhetes diziam respeito aos eventos mais caros da competição e estavam a ser vendidos sob a forma de um pacote que incluía alojamento e outros serviços.
Lusa
  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.