sicnot

Perfil

Desporto

Selecionador sueco defende "desabafos" de Ibrahimovic

O selecionador sueco de futebol, Eric Hamrén, saiu esta quarta-feira em defesa do avançado Zlatan Ibrahimovic, que qualificou a França de "país de m...", após um jogo em que a sua equipa, o Paris Saint-Germain, perdeu com o Bordéus.

"Este país de m... não merece o PSG. Somos demasiado bons para este país", disse o internacional sueco, que, apesar de ter divulgado posteriormente um vídeo com um pedido público de desculpas pelas palavras ditas "a quente", arrisca uma pesada suspensão.

"Este país de m... não merece o PSG. Somos demasiado bons para este país", disse o internacional sueco, que, apesar de ter divulgado posteriormente um vídeo com um pedido público de desculpas pelas palavras ditas "a quente", arrisca uma pesada suspensão.

Matt Dunham / AP

"Por vezes, precisamos de desabafar quando nos sentimos tratados com injustiça. É preciso conhecer o contexto. Não o disse numa conferência de imprensa", observou Hamrén à rádio pública SR, explicando que o 'capitão' da seleção sueca não tinha conhecimento de estar a ser filmado.

Em declarações logo após o jogo de domingo, da 29.ª jornada do campeonato francês, que o PSG perdeu por 3-2, Ibrahimovic criticou o árbitro Lionel Jaffredo, afirmando que, "em 15 anos, nunca tinha assistido a uma arbitragem tão má".

"Este país de m... não merece o PSG. Somos demasiado bons para este país", disse o internacional sueco, que, apesar de ter divulgado posteriormente um vídeo com um pedido público de desculpas pelas palavras ditas "a quente", arrisca uma pesada suspensão.
  • Ibrahimovic volta a pedir desculpa
    1:07

    Desporto

    Zlatan Ibrahimovic gravou um vídeo a reiterar o pedido de desculpa publicado ainda ontem no Facebook. O jogador sueco do PSG pede para não distorcerem o que disse no final do jogo com o Bordéus.

  • Porque pediu desculpa Ibrahimovic?
    1:54

    Desporto

    Zlatan Ibrahimovic já pediu desculpas a quem se sentiu ofendido. O sueco do Paris Sain Germain está no centro de uma polémica em França por causa do que disse a seguir à derrota em Bordéus. Palavras que levaram até a reacções políticas.

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.