sicnot

Perfil

Desporto

UEFA abre processo disciplinar a jogador do PSG que insultou árbitro do encontro frente ao Chelsea

A UEFA abriu um procedimento disciplinar contra o defesa costa-marfinense do Paris Saint-Germain, Serge Aurier, que insultou nas redes sociais o árbitro holandês Bjorn Kuipers, que dirigiu o jogo com o Chelsea, da Liga dos Campeões de futebol.

O vídeo mostrava o defesa-central costa-marfinense a exultar à frente da televisão após o apito final do Bjorn Kuipers: "Aqui é Paris, árbitro sujo e filho da p....", referindo-se ao juiz holandês que expulsou Zlatan Ibrahimovic, aos 31 minutos, após um 'carrinho' sobre o brasileiro Óscar, do Chelsea. (Arquivo)

O vídeo mostrava o defesa-central costa-marfinense a exultar à frente da televisão após o apito final do Bjorn Kuipers: "Aqui é Paris, árbitro sujo e filho da p....", referindo-se ao juiz holandês que expulsou Zlatan Ibrahimovic, aos 31 minutos, após um 'carrinho' sobre o brasileiro Óscar, do Chelsea. (Arquivo)

© Eddie Keogh / Reuters

O caso será analisado na próxima quinta-feira pela instância disciplinar da UEFA.

Aurier, ausente da partida em Stamford Bridge devido a uma lesão, difundiu na sua página no Facebook um vídeo imediatamente a seguir ao final do jogo, que terminou com um empate a dois golos, resultado que permitiu ao PSG apurar-se para os quartos de final da prova.

O vídeo mostrava o defesa-central costa-marfinense a exultar à frente da televisão após o apito final do Bjorn Kuipers: "Aqui é Paris, árbitro sujo e filho da p....", referindo-se ao juiz holandês que expulsou Zlatan Ibrahimovic, aos 31 minutos, após um 'carrinho' sobre o brasileiro Óscar, do Chelsea.
Lusa
  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.