sicnot

Perfil

Desporto

Mundial do Qatar vai ser jogado a novembro e dezembro de 2022

O Mundial de futebol do Qatar vai ser disputado a novembro e dezembro de 2022, com a final a estar marcada para 18 de dezembro, decidiu hoje o Comité Executivo da FIFA, que esteve reunido em Zurique.

De acordo com o diretor de comunicação do organismo, o torneio terá um total de 28 dias, menos quatro que as anteriores edições, e deverá ter início no dia 21 de novembro, embora esta data ainda possa sofrer alterações. (Arquivo)

De acordo com o diretor de comunicação do organismo, o torneio terá um total de 28 dias, menos quatro que as anteriores edições, e deverá ter início no dia 21 de novembro, embora esta data ainda possa sofrer alterações. (Arquivo)

© Fadi Al-Assaad / Reuters

De acordo com o diretor de comunicação do organismo, o torneio terá um total de 28 dias, menos quatro que as anteriores edições, e deverá ter início no dia 21 de novembro, embora esta data ainda possa sofrer alterações.

"A FIFA vai agora reunir-se com as federações para decidir o dia em que o torneio se iniciará bem como decidir que alterações terão que ser feitas no calendário internacional", afirmou Walter de Gregorio.

Pela primeira vez, um campeonato do mundo de futebol não vai ser jogado no verão, devido às elevadas temperaturas naquela zona durante os meses de junho e julho, data habitual da competição.

A FIFA chegou a ponderar as datas de janeiro e fevereiro, mas acabava por coincidir com os Jogos Olímpicos de inverno de 2022.

De acordo com o organismo, esta decisão tem o apoio das seis confederações da FIFA, assim como do sindicato internacional dos jogadores de futebol (FIFPro), enquanto as associações dos campeonatos europeus e clubes europeus, EPFL e ECA, respetivamente, continua contra esta medida.

Lusa
  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha.

    Em desenvolvimento

  • Um discurso histórico com os pedidos de sempre
    2:30

    País

    Jerónimo de Sousa voltou este domingo a pedir a renegociação da dívida e a saída de Portugal do euro. Num discurso historicamente curto, apenas 15 minutos, no encerramento do Congresso do PCP, o reeleito secretário-geral comunista anunciou que o aumento dos salários e a reversão das alterações à legislação laboral são duas prioridades para os próximos tempos.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.